Por que o gerenciamento de redes deve ser uma das prioridades da TI?

Por: opservices em 22.07.2014

O Espaço do gerenciamento de redes na TI

As empresas estão cada vez mais dependentes da internet e de seus recursos para que as operações, processos e projetos estejam em pleno funcionamento no dia a dia dos negócios.

Em um cenário como esse, é natural que os funcionários e sistemas precisem de uma rede com alta disponibilidade para que possam entregar aquilo que se espera deles. Afinal de contas, quando a internet cai praticamente inviabiliza qualquer trabalho que necessite de e-mail, aplicações em nuvem, compartilhamento de informações, entre outras aplicações que necessitem de conexão.

 
Gerenciamento de Redes

 
Isso significa que as equipes de TI, responsáveis pelo funcionamento adequado das redes, também se tornam cada vez mais responsáveis pela infraestrutura necessária para que as empresas possam atuar no mercado de forma competitiva. Descubra abaixo o motivos pelo qual o gerenciamento de redes deve ser uma das prioridades da TI:

 

Alta disponibilidade

Ao gerenciar a sua rede, planejando e executando ações de melhoria, as empresas fazem com que as trocas de dados de ponta a ponta aconteçam de forma confiável e rápida, evitando problemas como congestionamento da rede, recursos alocados incorretamente ou esgotados/sobrecarregados, problemas relacionados à segurança da informação, entre outros tantos outros. Isso garante que os sistemas da empresa estejam sempre em funcionamento nos momentos mais críticos para o negócio, como o fechamento de contratos ou a entrega de produtos e serviços de qualidade para os clientes.

 

Esforço inteligente

Os profissionais de TI em diferentes empresas perdem grande parte do seu tempo disponível solucionando problemas de rede que se apresentam para os usuários enquanto eles estão trabalhando. Com o gerenciamento de redes, é possível identificar problemas ou tendências na rede antes que elas se manifestem ao usuário final.

Isso permite que os profissionais de TI resolvam, com antecedência e pouco esforço, problemas que seriam reportados por vários usuários, podendo dedicar seu tempo livre a tarefas mais estratégicas para o negócio.

 

Investimento X gastos

O gerenciamento de redes pode fazer com que a empresa faça investimentos mais inteligentes e reduza seus custos operacionais. Afinal, levantar informações sobre a rede e seus recursos e investir na infraestrutura necessária, para que a capacidade de TI acompanhe o volume de negócios, é muito mais inteligente que esperar congestionamentos e problemas para gastar de forma apressada em correções rápidas. Além disso, a indisponibilidade da rede, que causa perda de produtividade, também é reduzida, diminuindo-se assim os custos com funcionários e sistemas ociosos.

 

Visão sistêmica

Qualquer gestor gostaria de ter uma visão mais abrangente dos processos e projetos que conduz para poder tomar decisões mais inteligentes. O gerenciamento de redes contribui para isso, permitindo o acesso a informações de todos os recursos que compõem a rede, favorecendo decisões mais assertivas para a empresa.

 

Mudanças sutis

O gerenciamento de redes também possibilita que a empresa identifique que recursos estão causando ou podem causar problemas para os usuários. Com isso, ações como manutenção e troca de equipamentos podem ser feitos sem interrupção do uso de sistemas críticos, melhorando a imagem da TI diante de seus públicos de interesse. Em tempos de alta competitividade entre as empresas, contar com uma infraestrutura de tecnologia da informação preparada para os negócios pode ser crucial para a conquista de vantagens competitivas.

 

Software para gerenciamento de redes

Caso deseje saber mais sobre como gerenciar a rede da sua empresa, recomendamos a leitura sobre o OpMon Traffic Analyzer, software de gerenciamento de redes.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos