projetos de ti

Apesar da popularização do setor de TI nas empresas, com a presença dessa área até mesmo em startups ou pequenas e médias empresas, ainda ocorrem diversos problemas de recusa de projetos pelos executivos da empresa. Isso não é nada interessante para a equipe e muitas vezes é a própria empresa que sai perdendo ao recusar investimento para aquele projeto.

Às vezes não é a qualidade do que será executado que está em jogo, mas sim outras falhas que podem ser evitadas pela equipe de TI na hora de produzir o projeto. Quer saber quais as maiores dificuldades em se aprovar um projeto de TI? Fique de olho no post.

 

Linguagens não alinhadas

Enquanto o TI possui as suas próprias métricas de trabalho, o setor financeiro de uma organização possui outras completamente diferentes. O ideal é alinhar a sua proposta com o que é avaliado pela empresa. Lembre-se que é preciso que haja afinidade entre a equipe de TI e os executivos para que o projeto seja executado – e eles também sabem disso. Por isso, converse com os gestores para alinhar melhor esses parâmetros.

 

Falta de objetivos claros

Os gestores buscam saber exatamente onde estão e para onde vão. Eles querem saber o que o projeto trará de benefício real para sua empresa e sabem que projetos sem clareza ou sem objetivos bem definidos podem resultar em prejuízos. O ideal é ter uma equipe profissional e madura, que consiga observar onde podem chegar realmente – e não criar metas fantasiosas ou abstratas demais. Por isso, defina claramente quais são os objetivos do projeto criado.

 

Pouco poder de convencimento

Para que seu projeto seja aprovado, é preciso ter uma certa habilidade de comunicação e convencimento para que os gestores aceitem investir tempo e dinheiro nele. Se você não domina muito bem essa qualidade, tente apresentar as ideias do projeto para outras pessoas que fazem parte da organização. Eles te darão dicas do perfil do avaliador do seu projeto e você saberá o que pode ser mudado ou não.

 

Não considerar os riscos do projeto

Alguns profissionais evitam apresentar os riscos do projeto por acharem que, ao mostrar este ponto “negativo”, a gerência pode se desmotivar a aceitar o investimento. Porém, o que acontece é justamente o contrário. Todo projeto de TI envolve riscos e um profissional que não os apresenta, se mostra despreparado para lidar com eles. Por isso aborde sim os riscos do projeto, mas aponte soluções cada um.

 

Não mostrar onde esse projeto já deu certo

Essa dica é muito válida para projetos com metodologias mais ousadas ou inovadoras. Por mais que você tente dar um ar de inovação total para ele, os executivos podem achar que essa é uma maneira insegura de atuar, já que não há como mensurar se ele já foi bem sucedido ou não. Se o projeto é uma adaptação de um modelo de sucesso, mostre onde ele deu certo e, mais importante ainda, melhore-o. Esse tipo de comparação dá mais segurança para a empresa confiar na sua ideia.