Gerenciamento de infraestrutura de TI

A infraestrutura de uma casa é a base que dará sustentação à construção. Faz parte dela, por exemplo, o alicerce, que mesmo invisível aos olhos é fundamental para que a casa permaneça em pé.

Um alicerce mal acabado ou construído com materiais de pouca qualidade faz com que a estrutura da casa fique fragilizada e possa até mesmo desabar. Quando falamos de infraestrutura de TI não é diferente. A seguir, entenda o porquê:

Infraestrutura de TI

 

Infraestrutura de TI

É essa infraestrutura que dá as bases para uma empresa operar no âmbito da tecnologia da informação e consiga disponibilizar e manter seus serviços e solucionar problemas dos clientes, sejam eles internos ou externos.

Por isso, é essencial que a infraestrutura de TI de um empresa, para ser “sólida”, seja compostas por ferramentas poderosas. Além disso, é recomendável que ela seja acompanhada de perto por meio de um software de gestão adequado e de confiança.

 

A falta de gerenciamento na infraestrutura de TI

Infelizmente, as empresas costumam dar atenção para a infraestrutura de TI apenas quando os problemas já estão acontecendo, enquanto o ideal seria usar a tecnologia para evitar que eles acontecessem.

Esse cenário não se aplica apenas ao Brasil — ele é parecido ao redor de todo o mundo. Para se ter uma ideia, de acordo com a Forrester, U$3 em cada U$4 de um típico projeto de TI são gastos com problemas simples de gerenciamento.

Além disso, segundo a consultoria IDC, quase metade do tempo utilizado para encontrar a solução de algum problema na área de tecnologia da informação é gasto apenas na análise e descoberta da causa, e não na resolução.

Isso significa que, se existisse um software capaz de identificar rapidamente os problemas e se antever a eles, a produtividade da equipe nesse tipo de tarefa poderia quase dobrar e os colaboradores teriam mais tempo livre para investirem em outras tarefas. Alias, tarefas estas ligadas ao core business da empresa.

 

Relatórios do OpMon

 

Uma solução: monitoramento em tempo real

Para contrariar as estatísticas e ver a rentabilidade crescer, uma opção é incluir em sua infraestrutura de TI um software de gestão com monitoramento em tempo real.

Com esse tipo de ferramenta, os gráficos são atualizados simultaneamente, tornando mais fácil a análise de problemas visíveis no momento em que eles ocorrem — ou, ainda, quando são apenas uma ameaça. O sistema é capaz de emitir uma notificação ou desencadear uma resposta automatizada para o gestor da área, nesses casos.

 
Dashboard de Monitoramento Remoto

 
Alguns softwares de gestão de TI, como o OpMon, são ainda mais completos e possibilitam a monitoração de qualquer tipo de dispositivo que gere dados. Dessa forma, o OpMOn é considerado uma plataforma completa para a governança de TI e Telecom, monitoramento dos processos de negócios e gerenciamento de redes e sistemas.

Entretanto, o gerenciamento da infraestrutura de TI não é composto apenas pelas ferramentas. É muito importante definir processos adequados para o ambiente da sua empresa. É preciso, por exemplo, definir os thresholds adequados, diferenciado por dispostivo/sistema ou baseado nos acordos de níveis de serviço (SLAs). Outra dica importante é definir os responsáveis por tratar cada um dos incidentes. Depois de definido e bem documentado todos esses processos podem ser automatizados

 

Conheça o OpMon e monitore a sua infraestrutura de TI

 
Agora que você já sabe a importância do gerenciamento da infraestrutura de TI, é só uma questão de aplicar esses conhecimentos e investir em uma ferramenta que atenda às suas necessidades para ver os projuízos oriundos de falhas e indisponibilidades reduzirem drasticamente.

Gostou do conteúdo? Recomendamos também ler o nosso artigo sobre os custos de um downtime.