Monitoramento de Servidores: dicas para monitorar servidores

Importante para qualquer gerência de TI, o monitoramento dos servidores é uma forma de analisar e acompanhar a situação dos elementos de hardware – como memória RAM, processador, rede e sistemas de discos – e inspecionar a ocupação e a utilização destes itens. Além disso, com esses processos, é possível fazer uma estimativa de quando serão necessárias atualizações, reposições ou troca de alguma máquina do sistema.

Entretanto, para efetuar essas ações, algumas medidas são bem importantes e podem fazer a diferença no seu monitoramento. É importante saber definir uma política bem estruturada e ter proatividade. Dessa forma, as atividades de administração de seus servidores serão mais seguras e eficazes, diminuindo os problemas e melhorando a performance de seu sistema.

 

Monitorar Servidores - Dashboard Datacenter

Dashboard de Datacenter para monitorar servidores com o OpMon

 

Pretende fazer o monitoramento de seus servidores e quer conhecer algumas ideias para executar essas atividades? Confira 4 dicas para melhorar a maneira de inspecionar suas máquinas!

 

Preparações para o monitoramento

Como avaliar a situação de seus servidores de forma eficiente, se você não possui um padrão para comparar os resultados coletados? Para ter sucesso em seu monitoramento de servidores, é importante que você estabeleça uma base de métricas para avaliar a performance de suas máquinas. Para isso, você deve medir a atividade e o funcionamento de seus hardwares diversas vezes e em diferentes condições.

É possível comparar os resultados subsequentes com a base de métricas que você desenvolveu e determinar como está o andamento de seus servidores. Se o padrão de performance estiver muito acima daquele verificado em suas máquinas, é necessário realizar a troca ou manutenção de algum componente dos servidores.
Lembre-se que esse será o plano de seu monitoramento. Ele servirá para identificar os principais problemas dos hardwares presentes em seu sistema.

 

Utilize ferramentas e estatísticas

Atualmente, existem no mercado ferramentas que podem trazer estatísticas e diversos outros dados sobre seus monitores. Com gráficos e números sobre a real situação de seus monitores, é possível identificar problemas com maior facilidade. São dados gráficos que trazem informações sobre vários parâmetros de seus servidores e podem ser integrados imediatamente com qualquer software já instalado.

Por exemplo, se você pretende instalar um simples DNS em alguma de suas máquinas, a ferramenta será atualizada com os softwares instalados e rastreará a performance desse novo item no servidor. Dessa forma, é possível ter mais segurança na hora de acrescentar novos recursos aos seus servidores e conseguir dar um melhor funcionamento a esses gadgets.

 

Crie alertas de notificações

A melhor forma de identificar rapidamente os problemas em seus servidores é criando alertas com notificações. Toda vez que algum evento inesperado ocorrer ou que algum parâmetro ultrapassar o limite criado, a ferramenta de monitoramento criará mensagens que o avisarão sobre os possíveis problemas em suas máquinas.

Além disso, é possível, por exemplo, configurar para que as notificações sejam enviadas para os responsáveis de cada servidor. Ou ainda, estabelecer ações emergenciais que devem ser iniciadas automaticamente toda vez que um determinado evento ocorrer. Por exemplo, se algum parâmetro sair do controle, é possível programar determinadas ações que podem prevenir que o problema não se agrave ou danifique mais algum outro aspecto de seu servidor.

 

Configure os seus registros

A melhor forma de gerenciar os seus servidores, é criar formas eficientes de registrar a performance e a atividade executada por cada um deles. É necessário contar com ferramentas que executem registros de log de dados de um determinado parâmetro em intervalos definidos. Por exemplo, você pode ter amostras a cada quinze minutos da performance do CPU de seus servidores.

A partir desses relatórios, é possível ter maior segurança e saber exatamente quando ocorreu o problema, permitindo que as possíveis manutenções ou trocas sejam realizadas a tempo de impedir maiores problemas.

Monitorar servidores parece uma tarefa difícil. Entretanto, com o auxílio de ferramentas e algumas dicas, as tarefas que fazem parte desse processo podem se tornar bem mais fáceis de serem executadas e ter um desempenho mais eficiente. Se você pretende melhorar sua gerência de TI, não hesite em contar com esses suportes e, dessa forma, conseguir obter ótimos resultados.

E você? Como realiza o monitoramento de seus servidores? Já enfrentou algum problema na gerência desses recursos da sua empresa? Acesse a página do OpMon e conheça nossa solução para monitoramento de servidores e infraestrutura!