Governança de TI: Área da Saúde

Originada da governança corporativa, a governança de TI é um conjunto estruturado de políticas, normas, e procedimentos para utilização dos recursos de tecnologia da informação. Tem como objetivo assegurar um nível mínimo aceitável de entrega de serviço e eficiência dentro do menor risco. Também ajuda no apoio aos processos da organização e alinhamento estratégico com objetivos da empresa.

A governança de TI na área da saúde visa cada vez mais implementar um planejamento estratégico nos hospitais, participando de todas as decisões e usando a tecnologia para não apenas cuidar dos sistemas, mas para melhorar a comunicação e o relacionamento entre os setores para chegar cumprir os objetivos comuns. Esse auxílio prestado vai desde questões logísticas até o controle de gastos e despesas do hospital (por exemplo) com os seus procedimentos tradicionais de rotina. Tudo isso, é claro, suportado por tecnologia.

Saber que a governança de TI, principalmente na área da saúde, vai além das questões técnicas é o primeiro passo para entender sua importância. Acompanhe o post a seguir e veja como o setor pode ser importante para a área da saúde!

 

A importância da governança de TI no acompanhamento de processos

A urgência e atenção no acompanhamento de processos na área de saúde são extremamente relevantes, pois podem salvar vidas. A governança de TI na área de saúde se faz presente acompanhando cada etapa dos processos de um hospital.

A otimização dessas tarefas resulta diretamente na melhoria da operação, implementando métodos mais eficazes por meio dos sistemas em funcionamento, visando sempre o melhor andamento da instituição. A melhoria de processos de tecnologia para agilizar processos de triagem e escolha do médico certo para cada paciente pode ser fundamental para a rápida recuperação dos pacientes (salvando até mesmo vidas) e a redução de custos nas duas pontas da cadeia. Veja o exemplo dashboard que criamos para um projeto na área da saúde:

 

Dashboard BAM - Saude

 

O auxílio promovendo maior interação entre departamentos

Uma comunicação eficiente é chave para que os departamentos de um hospital mantenham contato mais rápido e sem ruídos. Ter essa interação eficiente contribui para o funcionamento sem interferências, tão necessário na área de saúde.

A presença do TI na integração entre os setores agiliza procedimentos como triagem de pacientes, verificação de medicamentos em estoque, disponibilidade de vagas e a própria comunicação entre médicos e outros profissionais. Veja o exemplo dashboard que criamos para um projeto controle de leitos:

 
Dashboard Hospitalar - Saúde

 

O controle e pontualidade na hora de acompanhar os custos

Não há como negar a importância de manter a saúde financeira da instituição em dia. Para isso, um controle eficiente de custos das entradas e saídas de materiais, medicamentos e ferramentas de trabalho é fundamental. Um sistema de gestão de TI funcionando bem é importante, desde que esteja alinhado às necessidades do negócio. A governança deve se fazer presente acompanhando os números e fornecendo relatórios frequentes para a área operacional e financeira.

É importante também que a governança de TI tenha acesso a metas e limites de gastos estipulados para que seu controle seja ainda mais eficiente e pontual.

 

A atuação fundamental na melhoria dos processos

Um bom controle de tarefas, por meio de um sistema bem integrado e funcionando perfeitamente, é fundamental para a otimização dos trabalhos realizados dentro do hospital e também para evitar esforços em vão ou até mesmo os retrabalhos.

Processos bem definidos e automatizados aumentam a eficiência na área da saúde e novos investimentos nessa área devem ser sempre buscados. Assim é possível detectar possíveis erros ou falhas e propondo novos métodos ou melhorias junto aos profissionais responsáveis, eliminando assim o índice de retrabalho.

Implementar um sistema de gestão de TI com gestão à vista em uma instituição da área de saúde é fundamental para que processos que podem salvar vidas sejam agilizados, assim como controlar dados em tempo real para que tudo saia como planejado, levando sempre em conta o tamanho da responsabilidade do negócio. Além da parte técnica, a governança de TI atua junto a gerência do hospital, monitorando os procedimentos rotineiros da instituição e estando sempre alerta a possíveis falhas do sistema, afinal a tecnologia nem sempre é 100% exata.

Para ajudar a resolver todos esses problemas existem diversas soluções que podem ser utilizadas. Uma delas é o OpMon para monitoramento de TI e visualização de dados. Você pode solicitar uma demo online clicando no banner abaixo:

 
Demonstração Online | OpMon

 
Agora que você já sabe o tamanho da importância da governança de TI na área de saúde, entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços!