Menu
Contato Comercial
Por: Aldry Rocha em 28.01.2022

Conheça a linguagem DAX e sua função no Power BI

linguagem DAX

Sabemos que hoje a grande maioria das empresas é dependente da análise e predição de dados para a tomada de decisões estratégicas. O Business Intelligence é a ferramenta que se destaca por dar suporte à gestão empresarial, realizando todo o processo de coleta, estruturação, análise e compartilhamento de informações.

Para que os dados sejam visualizados de forma coesa, dentro dos relatórios de BI, há todo um processo de ETL, que engloba cálculos, fórmulas matemáticas, filtros e seletores, que possibilitam a geração de insights para a tomada de decisões empresariais. As fórmulas são uma peça chave neste processo, possibilitando que os painéis de visualização tragam informações cruzadas, relevantes e avançadas para a organização. Uma das linguagens de expressão para fórmulas mais utilizadas é o DAX, que pode ser usada em quase todos os modelos de dados e é exclusiva do Power BI.

No artigo de hoje, vamos focar na explicação da linguagem DAX, como funciona sua utilização no Power BI, suas principais funções e exemplos práticos.

 

O que é a linguagem DAX?

A DAX pode ser definida como uma linguagem de expressão de fórmulas utilizadas no Analysis Services, dentro do Power BI e do Excel. Essas fórmulas incluem funções, operadores e valores para a realização de cálculos avançados e consultas em dados nas tabelas e colunas relacionadas nos modelos de dados tabulares. Ela permite criar novas informações de dados que já se encontram em seu modelo.

Existem 3 tipos de situações onde o DAX é utilizado: nas colunas calculadas, nos cálculos de medidas e nas tabelas calculadas.

 

1 – Medidas

As medidas se enquadram como fórmulas de cálculos dinâmicos, onde seus resultados variam conforme o contexto. Essas medidas são criadas com a barra de fórmulas DAX no design do modelo e são utilizadas para relatórios que dão suporte à combinação e à filtragem de dados de modelos que utilizam vários atributos.

Já as fórmulas de medidas podem usar as funções de agregação padrão, que são criadas de maneira automática por meio do recurso Autosoma, como COUNT e SUM, ou também por meio de sua própria fórmula, na barra de fórmulas DAX. As medidas que são nomeadas podem vir a ser passadas como argumentos para outras medidas.

O resultado da medida não pode ser determinado sem contexto. Para avaliar uma medida é necessário um aplicativo cliente de relatório que pode fornecer os devidos contextos necessários para a recuperação de dados relevantes para cada célula. O cliente pode ser uma tabela dinâmica ou gráfico dinâmico do Excel, um relatório de Power BI ou uma expressão de tabela em consulta DAX no SSMS (SQL Server Management Studio).

Independente do cliente, uma consulta individual é realizada para cada célula nos resultados. Ou seja, cada combinação de cabeçalhos de linha e coluna, em uma tabela dinâmica ou em cada seleção de segmentações e filtros em um relatório no Power BI, gera um subconjunto diferente de dados sob o qual a medida é calculada.

Total Sales = SUM([Sales Amount])

Por exemplo, na fórmula de medida acima, quando o usuário insere TotaSales em um relatório e coloca a coluna Product Category de uma tabela Product nos Filtros, a soma do Valor de Vendas é calculado e exibido para cada uma das categorias de produto.

A sintaxe de uma medida inclui o nome da medida que antecede a fórmula. Como no exemplo, o Total Sales é exibido antes da fórmula. Após criar uma medida, seu nome e definição serão exibidas na lista Campos do aplicativo cliente de relatório e conforme as perspectivas e funções estarão disponíveis para todos os usuários do modelo.

 

2 – Colunas calculadas

Uma coluna calculada é adicionada a uma tabela existente (no designer do modelo) criando uma fórmula DAX, a qual define os valores da coluna. Os valores já são calculados para cada coluna de maneira automática assim que inseridos, sendo armazenados no modelo de dados na memória.

= [Calendar Year] & ” Q” & [Calendar Quarter]

No exemplo acima, na tabela Data ao inserir a fórmula na barra de fórmulas, um valor para cada linha é calculado, inserindo valores da coluna Calendar Year (na mesma tabela de data), adicionando um espaço e a letra Q em maiúsculo e adicionando os valores da coluna Calendar Quarter (na mesma tabela de data).

 

3 – Tabelas calculadas

As tabelas calculadas são objetos computados, que têm como base uma expressão de fórmula derivada de todas ou de parte de outras tabelas que têm o mesmo modelo. Ao invés de consultar e carregar os valores nas colunas da nova tabela de uma fonte de dados, a fórmula DAX define os valores da tabela.

Elas podem ser úteis em uma dimensão com função múltipla, como em uma tabela de data como OrderDate, ShipDate ou DueDate, dependendo da relação de chave estrangeira. Criando uma tabela calculada para ShipDate, você obtém uma tabela autônoma disponível para ser consultada e totalmente operável como qualquer outra tabela.

As tabelas calculadas tambem sao úteis ao configurar um conjunto de linhas filtrado ou um subconjunto ou superconjunto de colunas de outras tabelas existentes, assim você pode manter a tabela original intacta ao criar variações dessa tabela, dando suporte a cenários específicos.

Essas tabelas podem ser nomeadas, exibidas ou ocultas, como qualquer outra tabela. Essas serão recalculadas caso qualquer uma das tabelas das quais elas recebam dados por pull forem renovadas e atualizadas.

 

Implementação e Consultoria em Business Intelligence - BI

Após entender os conceitos relacionados à linguagem DAX dentro do PowerBI, caso você tenha interesse em evoluir ou aumentar a maturidade de business intelligence da sua empresa, saiba que podemos te ajudar nessa missão! Nosso time conta com especialistas na área, que podem te apoiar em qualquer tipo de projeto, independente de sua complexidade. Para saber mais, entre em contato com nossos especialistas!

* Fonte de Pesquisa: todas as informações e fórmulas contidas neste artigo foram pesquisadas página da Microsoft sobre DAX (Data Analysis Expressions).

Compartilhe:

ESCRITO POR

Aldry Rocha

Marketing de conteúdo e desenvolvedora web na OpServices há 4 anos. Apaixonada por tecnologia e o mundo do desenvolvimento pessoal, sempre lendo ou escrevendo sobre eles.

Posts Relacionados

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos