Monitoramento de E-commerce: melhorando a experiência de compra

Por: opservices em 16.07.2014
Monitoramento de E-commerce

Como o responsável pelo seu website ou sistema de loja virtual pode saber se existe algum problema e identificar imediatamente aonde está este problema? Somente quando suas vendas caem ou quando o usuário liga ou envia um e-mail reclamando dos seus serviços?

Esta é uma atitude reativa que pode causar sérios estragos no seu negócio. A maioria dos decisores tem dificuldade na transformação de um setor de TI reativo, que apenas reage aos problemas quando algum usuário reclama, para um setor proativo, que identifica as falhas no momento em que elas acontecem.\

Neste artigo falaremos sobre uma ferramenta para monitoramento de e-commerce e da experiência de usuário.

 

Ferramenta para monitoramento de e-commerce

O OpCEM é uma solução da OpServices para ajudar a resolver estes problemas monitorando o tempo de resposta e a disponibilidade das aplicações e, principalmente, da sua loja virtual. E o mais importante: da perspectiva real do usuário. O OpCEM, por exemplo, pode realizar a simulação remota de todos os passos para se executar uma compra em uma loja virtual.

Desde o momento em que acessa o seu site e escolhe um produto até os últimos passos como escolha de frete e pagamento via cartão de crédito. Caso aconteça algum problema em um determinado passo podem ser configurados alertas para os responsáveis por aquela infraestrutura que sustenta o e-commerce. Desta forma os problemas são mais rapidamente resolvidos, tornando a sua equipe proativa na resolução de problemas e dando ao seu cliente a melhor experiência de compra possível.

 

 
A solução é focada na na experiência do usuário e não na sua equipe de desenvolvimento. Isso dá informações em tempo-real sobre o status da saúde do seu negócio online. O OpCEM não foi desenvolvido para ser uma ferramenta de Debug para uma equipe de desenvolvimento, ao contrário, foca no seu usuário que é a ponta do negócio e onde os problemas podem resultar em perdas financeiras.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos