Monitoramento de Servidores | Qual a sua importância para as empresas?

Investir pesado na infraestrutura de TI não é suficiente para evitar gargalos nos sistemas das empresas quando a equipe apenas gerencia os problemas do sistema de forma reativa, ou seja, à medida que eles surgem.

O cenário ideal do trabalho dos profissionais de TI é muito mais preventivo e estratégico do que somente apagar incêndios: o foco deve ser o monitoramento contínuo da performance dos sistemas, não somente para garantir a disponibilidade máxima imediata, mas também provisionar recursos para as necessidades futuras.

Os servidores, computadores que centralizam grande parte das soluções de uma empresa, são um dos recursos que devem ser acompanhados de perto para evitar que os funcionários e clientes tenham surpresas desagradáveis ao realizar suas atividades. A disponibilidade deles é fundamental para garantir o funcionamento da maior parte dos sistemas críticos para o negócio. Leia, abaixo, alguns pontos críticos para um gerenciamento de servidores adequado:

 

 

Otimização da produtividade

A produtividade dos funcionários de uma empresa depende quase que diretamente da disponibilidade dos sistemas utilizados, sejam e-mails, espaço de armazenamento, softwares corporativos, entre outros.

Ao monitorar os servidores, a empresa consegue identificar a causa para problemas nessas soluções, como problemas na velocidade, memória, espaço em disco, uso de CPU, aplicações para servidores, banco de dados.

 

Pensamento de longo prazo

Nenhum empresário gosta de assumir gastos não previstos, pois eles podem comprometer o fluxo de caixa e o resultado da empresa no curto e no longo prazo. Em função disso, uma das principais vantagens de monitorar os servidores é a oportunidade que a empresa ganha em identificar quando eles estão se aproximando do limite. Agindo assim, é possível programar investimentos em infraestrutura ou revisões nos processos atuais, evitando que o sistema comece a cair com frequência ou apresente lentidão quando chegar perto de ultrapassar sua capacidade.

 

Testes mais eficazes

Quando sua empresa gerencia seus servidores, ela terá uma noção muito mais precisa de quais são seus níveis normais de funcionamento e qual o limite de capacidade que cada uma das soluções pode atingir. A equipe de TI pode desenvolver e executar testes mais assertivos, como de capacidade ou stress, que ajudam a prevenir problemas e evitar desastres quando a empresa vai implantar novos sistemas ou fazer mudanças mais radicais nos processos.

 

Tudo programado

Esperar que os problemas ocorram para então resolvê-los é uma prática que não condiz com as empresas que querem se manter sempre competitivas no mercado. Por isso, monitorar o servidor é uma boa forma de analisar as soluções disponíveis para verificar a necessidade do agendamento de backups ou manutenções de rotina. Isso faz com que esses procedimentos sejam realizados sem pressa e em momentos que não irão prejudicar a disponibilidade para os usuários.

Ainda que a queda ou a lentidão dos servidores não façam sua empresa parar por completo, não se esqueça de que a falta de sistemas cruciais para o negócio pode interferir diretamente na produtividade dos funcionários e trazer grandes prejuízos. Por essas razões, não deixe de avaliar a implantação de soluções adequadas para monitorar os servidores e manter os sistemas disponíveis pela maior parte do tempo. E muito importante, além de pensar na solução é importante pensar em quem vai administrar para gerenciar os problemas.

 
E você? Faz o monitoramento dos servidores em sua empresa? Que tipo de problemas já conseguiu identificar ou prever? Acesse a página do OpMon para descobrir como fazer um gerenciamento de toda a infraestrutura de TI de forma adequada.

 
Leia também: Monitoramento de Nota Fiscal Eletrônica, Monitoramento de Redes, Monitoramento banco de dados, Monitoramento de aplicações, Monitoramento de Virtualização & Cloud, Monitoramento de Banco de dados Oracle, Monitoramento de Processos de Negócios.

Undestand what is the importance of monitoring servers!

Heavily investing in IT infrastructure is not enough to increase the productivity of the company where the staff just manages the system’s problems in a reactive way, i.e., as they arise.

The ideal scenario for the work of the IT professionals is much more preventive and intelligent than just solving problems after they happen: the focus should be the continuous monitoring of the system performance, not only to ensure maximum availability, but also to set aside funds for future needs.

Servers, computers that centralize much of the solutions of a company, are one of the resources that must be closely monitored to prevent employees and customers from having unpleasant surprises when performing their activities. We have prepared the following text to show the importance of monitoring servers. Check it out!

 

 

Optimizing productivity

The productivity of the employees of a company depends almost directly on the availability of the systems used, be it emails, storage space, enterprise software, among others.

By monitoring the servers, the company can identify the cause of problems in these solutions, such as the decrease in speed caused by malware or difficulties related to memory or connectivity, for example.

 

Long-term thinking

No business owner likes to take unanticipated expenses, for these may jeopardize the cash flow and income of the company in the short and long terms. As a result, one of the main advantages of monitoring servers is the chance that the company has to identify when they are getting to the limit. By doing so, it is possible to program investments in infrastructure or reviews to current processes, preventing the system from beginning to drop frequently or being slow when it gets close to exceeding its capacity.

 

More effective tests

When your company monitors the servers, it has a much more accurate idea of what the normal levels of functioning are and what is the limit of ability that each solution can achieve. The IT team can develop and implement more assertive tests such as ability or stress, which help prevent problems and avoid disaster when the company deploys new systems or makes more radical changes to the processes.

 

All scheduled

Expecting problems to occur to solve them is a practice that is not consistent with companies that want to remain always competitive in the market. Therefore, monitoring the server is a good way to review the available solutions to verify the need for scheduling backups or routine maintenance. This makes these procedures to be performed without haste and at times that will not affect the availability to users.

Although the fall or slowness of servers do not make your company stop completely, do not forget that the lack of systems critical to the business can directly interfere with employee productivity and bring great losses. Therefore, be sure to review the implementation of appropriate solutions to monitor the servers and maintain the systems available for most of the time.

 
Read also: Eletronic Tax Invoice, Network Monitoring, Database Monitoring, Application Monitoring, Virtualization & Cloud Monitoring, Oracle Database Monitoring, Business Process Monitoring.