Melhores Práticas de TI & Governança de TI aplicada ao seu negócio!

Por: opservices em 03.09.2013

Conheça as melhores práticas de TI e Governança

As melhores práticas de TI ou governança de TI (braço da governança corporativa) são um conjunto de metodologias que visam a melhoria dos processos organizacionais através da transparência das informações, seja para o público interno como para o público externo.

 

 
Essa necessidade se originou a partir do aumento da complexidade das organizações, do aumento da concorrência e da maior valorização da boa relação com os diferentes stakeholders. O papel da TI neste processo é garantir informações confiáveis para através de sistemas e metodologias de trabalho. Os frameworks, ou modelos de melhores práticas, mais conhecidos são:

 

  • CobiT – Control Objectives for Information: Modelo abrangente aplicável para a auditoria e and related Technology, controle de processos de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de todos os processos;
  • CMMI – Capability Maturity Model: Desenvolvimento de produtos e projetos de sistemas Integration e software;
  • ITIL – Information Technology Infrastructure: Infra-estrutura da tecnologia da informação (seviços,Library de TI, segurança, gerenciamento da infra-estrutura, gestão de ativos e aplicativos, outros);
  • ISO 27001 – Código de melhores práticas: prove normas para implantar e monitorar a gestão da segurança da informação;
  • eSCM – Service Provider Capability Outsourcing: Outsourcing de serviços que usam TI de forma Maturity Model intensiva (modelo composto de práticas organizadas ao longo de um ciclo de vida do sourcing, agrupadas por áreas de capacidade e níveis de capacidade);
  • PMBOK – Project Management Body of Base: base de conhecimento em gestão de projetos e Knowledge;
  • BSC – Balanced Scorecard: Metodologia de planejamento e gestão da estratégia;
  • Six Sigma – Metodologia para melhoramento da qualidade de processos: seu objetivo é a melhoria do desempenho do negócio através da melhoria do desempenho de processos, tendo como meta um processo que apresente 3,4 defeitos sobre um milhão de oportunidades equivale a um rendimento de 99,9997% isentos de defeitos;
  • SAS 70 – Statement on Auditing: regras de auditoria para empresas de serviços.

 

Governança na prática

O OpMon, através do gerenciamento de TI, é uma solução que oferece grande capacidade de governança de TI. Os dashboards de negócio (módulo DaVINCI) dão a visibilidade status de funcionamento dos sistemas para todas as áreas interessadas da empresa. Além disso, várias determinações do ITIL podem ser aplicadas através do OpMon:

  • Gerenciamento de eventos;
  • Gerenciamento de disponibilidade;
  • Gerenciamento de capacidade;
  • Gerenciamento da continuidade dos serviços de TI;
  • Gerenciamento do nível de Serviço.

Através do OTRS, sistema de service desk, e da sua integração com o OpMon podem ser aplicadas as seguintes determinações do ITIL:

  • Requisições de Serviços;
  • Catálogos de serviços;
  • Gerenciamento de conhecimento;
  • Gerenciamento de incidentes;
  • Gerenciamento de problemas;
  • Gerenciamento de mudanças;
  • Gerenciamento de configuração e ativos de serviços.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos