Virtualização de aplicações para redução de custos

Um sistema operacional é o responsável por gerenciar recursos de um computador, definindo o que precisa receber mais atenção em termos de processamento e oferecendo interface para que o usuário possa realizar suas atividades.

Inicialmente, sistemas operacionais eram criados para serem únicos, específicos e atrelados ao hardware de um determinado mainframe. Arquiteturas diferentes queriam dizer linguagens diferentes, o que exigia exclusividade na adoção de um modelo. A necessidade de melhorar o aproveitamento dessas máquinas, associada aos problemas oriundos de incompatibilidades criou a virtualização.

 

O que é virtualização

 
Entenda de uma vez por todas o que isso significa e conheça os principais benefícios para as empresas. Acompanhe!

 

O que é virtualização?

Trocando em miúdos, virtualização é ter múltiplos computadores em um só. Com o uso de máquinas virtuais, sua empresa consegue reproduzir com perfeição as atribuições de outros sistemas operacionais sem interromper os processos atuais. Isso significa usar interfaces, softwares e soluções distintas em um mesmo computador ou servidor sem prejudicar seu desempenho.

De fato, a virtualização em geral funciona no sentido de otimizá-lo, aproveitando melhor os recursos computacionais ociosos. Com virtualização, empresas têm de investir bem menos na obtenção de ambientes computacionais completos, integrado a tantas plataformas quanto sua empresa precisa.

 

Como a virtualização funciona?

Softwares como o VMWare e VirtualBox permitem a criação de máquinas virtuais para operar sistemas distintos do instalado em seu computador. Com elas é possível estudar a arquitetura de um sistema, realizar testes de performance e simular todas as capacidades de outro dispositivo sem ter que adquirir nova tecnologia.

Soluções corporativas como o VMWare Server lidam com servidores de médio porte e permite fazer o mesmo com data centers. Simular software da mesma fabricante também é possível, além de rodar versões anteriores de um sistema operacional para recuperar dados. Outra função é a de executar softwares antigos sem precisar colocar seu equipamento em risco graças à estrutura isolada dessas “virtual machines”.

 

O que é virtualização?

 

Por que minha empresa deve investir em virtualização?

O principal motivo de implementar máquinas virtuais é obter maior produtividade dentro da infraestrutura atual; além disso, o retorno não deixa a desejar. Veja algumas evidências de como virtualização otimiza seus custos:

  • Ela aumenta a produtividade dos seus servidores: a Perkins & Co. conseguiu reduzir seu parque tecnológico de 37 para apenas 6 servidores com auxílio da tecnologia;
  • Agências governamentais americanas, como a FDA (responsável por administrar comidas e remédios) chegam a economizar até U$D 75,000 por ano com virtualização;
  • Reduz os gastos com energia elétrica e ajuda a deixar sua TI mais verde.

 

Quais são os principais benefícios da virtualização?

Além de reduzir seus custos e aumentar a eficiência do parque tecnológico atual, virtualizar ajudará a criar uma TI mais segura. Ela ajuda a reduzir vulnerabilidades e tornam a recuperação de desastres mais eficiente. Se isso não fosse o bastante ainda poderíamos citar vantagens em suporte e flexibilização:

  • Precisa de algum sistema operacional que não tem mais suporte do fabricante? Realize sua execução com de máquinas virtuais e reduza vulnerabilidades;
  • Aumente o número de plataformas disponíveis em seu ambiente corporativo sem aumentar o custo em infraestrutura com virtualização;
  • Centralize o monitoramento em um lugar só com soluções de virtualização integradas;
  • Crie ambientes de testes perfeitos para novas soluções e avalie bem cada uma delas antes da implementação, com auxílio das virtual machines.

 

Relatórios do OpMon

 

Monitoramento de virtualização

O monitoramento de infraestrutura é essencial para todas as empresas que desejam ter maior controle sobre seus ativos de tecnologia. E a virtualização não é diferente! É possível monitorar a camada de virtualização e gerar dashboards com dados real-time. Veja um exemplo abaixo de dashboard de VMWare:

 

Dashboard VMWARE CLUSTER

 

Conheça o OpMon para monitoramento de infraestrutura de TI

 
Conteúdos relacionados à virtualização: Maquinas virtuais: o que são e como funcionam? | Gerenciando virtualização e aplicações em nuvem | Virtualização de servidores: 4 crenças equivocadas | Como melhorar o gerenciamento de virtualização de servidores.