Menu
Contato Comercial
Por: Aldry Rocha em 19.07.2022

O que é Self-service BI e como implementar na minha empresa?

Self-service BI

O Self-Service BI é uma abordagem de análise de dados que permite que os usuários de negócios acessem e explorem conjuntos de dados, mesmo que não tenham profundos conhecimentos em estruturas complexas de BI, ou funções relacionadas, como mineração de dados e análise estatística. As ferramentas de Business Intelligence para Self-Service permitem que os usuários filtrem, classifiquem, analisem e visualizem dados sem envolver as equipes de BI e TI de uma organização.

As organizações implementam recursos de Self-Service para tornar mais fácil para os colaboradores, de executivos a funcionários da linha de frente, obter insights úteis de negócios a partir dos dados coletados em sistemas de BI. O objetivo principal é impulsionar a tomada de decisões mais informada para a obtenção de resultados de negócios positivos, como maior eficiência, maior satisfação do cliente e maiores receitas e lucros.

 

O que é Self-Service BI?

O papel do self-service BI é trazer ao usuário final autonomia para capturar, criar e entregar seus próprios relatórios, dashboards e análises, sem que seja preciso envolver outras áreas da empresa diretamente no processo.

O time de tecnologia de BI ainda é responsável pelas questões iniciais dos projetos, relacionadas aos dados, como a captura, estruturação e modelagem. Eles irão realizar todo o processo de integração e centralização dos dados corporativos, criando segmentação por área, assim os profissionais só poderão acessar e analisar os dados do seu setor, mantendo boa governança de dados. Isso deixa o fluxo de informação mais organizado para que outros times da empresa os utilizem de maneira correta, ágil e fácil.

Ou seja, a fase de implementação do BI e de integração com todo o fluxo de dados permanece, mas essa parte é abstraída do usuário final, que só tem o trabalho de criar relatórios a partir dos dados já disponíveis.

 
Diagrama de Self-service BI

 
Confira as principais diferenças entre a abordagem tradicional e o self-service de BI:

Tradicional Self-service BI
Depende do time da TI para extrair e criar modelos de dados Time de TI implementa ferramentas que permitem aos usuários realizar análises sozinhos
Investimento maior em consultoria em todas as fases do projeto Investimento em consultoria apenas na fase inicial do projeto
Base de dados restrita ao acesso de especialistas na área Usuários podem ajustar os relatórios e dashboards sozinhos de acordo com suas necessidades

 

Benefícios da utilização do self-service BI

Dentre os benefícios de utilizar ferramentas de Business intelligence no formato self-service, podemos destacar:

 

1 – Independência dos usuários

Os usuários ganham autonomia para gerar seus próprios relatórios, o que garante maior agilidade e flexibilidade aos times, que podem trabalhar em suas próprias demandas individuais, criando os relatórios que mais se encaixam dentro das suas maiores necessidades de informação para a tomada de decisão. Vale ressaltar que a área de tecnologia da empresa, ou consultoria contratada, ainda é responsável pela organização, segurança e governança dos dados, mas outros usuários têm total independência para criar ou alterar relatórios e fazer suas análises.

 

2 – Decisões e insights baseado em dados

No mundo volátil em que vivemos as decisões precisam ser tomadas de maneira rápida. Ter o poder de gerar relatórios e extrair informações e análises precisas de forma rápida é um grande ponto positivo. Assim, decisões urgentes podem ser alcançadas com maior agilidade, tendo como embasamento dados reais de mercado.

 

3 – Assertividade e eficiência na geração de informações

Ao poder acessar e criar análises personalizadas dos dados, os colaboradores se armam com maior embasamento para tomar melhores decisões, se tornando mais confiantes, reduzindo a quantidade de erros, custos desnecessários e minimizando algumas situações não previstas. No fim das contas, o processo de self-service Bi gera maior competitividade corporativa e redução de custos com possíveis erros em má decisão.

 

Conclusão

Com a popularização de ferramentas modernas de BI, como o Microsoft Power BI, o conhecimento de gerar relatórios analíticos é uma exigência cada vez maior dentro do ambiente corporativo. Costumamos dizer aqui na OpServices que o Power BI é o novo Excel, ou seja, um novo requisito que será solicitado em praticamente qualquer processo seletivo, independente da área.

Claro que todos os processos mais avançados de implementação, integração com bancos de dados, APIs e data warehouses ainda serão realizados pelo time de tecnologia ou consultoria em BI, mas os usuários serão cada vez mais livres para gerar relatórios e visões de negócios avançadas, desde que exista um processo de self-service implementado dentro da sua empresa.

 

Implementação e Consultoria em Business Intelligence - BI

 
Se você tem interesse em implementar esse tipo de estrutura em sua empresa, mas precisa de ajuda nesse pontapé inicial de estruturação e modelagem de dados, saiba que aqui na OpServices temos um time de profissionais qualificados para te ajudar a trazer a melhor experiência possível para o seu time. Fale com o nosso time de especialistas e tire suas dúvidas, estamos à sua disposição.

Compartilhe:

ESCRITO POR

Aldry Rocha

Marketing de conteúdo e desenvolvedora web na OpServices há 4 anos. Apaixonada por tecnologia e o mundo do desenvolvimento pessoal, sempre lendo ou escrevendo sobre eles.

Posts Relacionados

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos