Maturidade da TI: os três estágios

Em nossa experiência de dez anos com gerenciamento de TI sempre buscamos as melhores formas de atender às expectativas dos nossos clientes de acordo com seus ambientes altamente complexos. Nesta longa trajetória, indo de cliente em cliente mostrar o nosso trabalho, sempre nos deparamos com empresas em níveis diferentes de maturidade da TI.

 

 
Isso trouxe um grande aprendizado, pois para cada nível de maturidade da TI de uma organização existem desafios diferentes. Podemos identificar três cenários que são os mais comuns dentro da TI das empresas. Poderíamos classificar da seguinte maneira:

 

TI Reativa

Infelizmente este é o caso mais comum, mesmo em grandes organizações. Neste cenário a TI só apaga incêndios e resolve os problemas do dia-a-dia. Os problemas só são descobertos quando alguém liga ou manda e-mail reclamando. As reclamações mais comuns são, por exemplo, internet que caiu, sistemas lentos e aplicação que pararam de funcionar. Neste cenário, o cliente percebe falhas antes da empresa como, por exemplo, falhas em um processo de compra ou um atendimento online indisponível. Este cenário pode causar situações inesperadas como congestionamento de linhas telefônicas ou clientes desistindo de compras por não conseguir finalizar a compra de um tênis em uma loja virtual. Neste caso ele acaba comprando em um concorrente e muitas vezes a empresa acaba não sabendo disso.

 

TI Preventiva

Este já é um cenário bem melhor que o primeiro. A TI já consegue se antecipar a alguns problemas e descobrir a sua existência antes que os usuários reclamem. Ainda não é o cenário ideal, mas já fornece uma estrutura mais competitiva para que a empresa possa prestar melhores serviços.

 

TI Proativa

Este é o cenário ideal, mas pouquíssimas empresas brasileiras estão neste nível. Neste nível de maturidade, além de agir preventivamente na resolução dos problemas antes que eles aconteçam, a TI fornece às áreas de negócios informações valiosas sobre todos os processos da empresa. Ou seja, é a integração de todas as áreas através da tecnologia. Temos orgulho de ter alguns clientes que alcançaram este nível, principalmente aqueles que estão há mais tempo conosco.

 
Você provavelmente identificou o estágio em que a TI da sua empresa se encontra nesta classificação que desenvolvemos. Mas não se culpe se estiver no primeiro nível, pois para sair dele e ir para o estágio seguinte é preciso uma cultura que coloque a tecnologia como prioridade do negócio. Leva um pouquinho de tempo, mas é possível.

 
Quer conhecer a solução que desenvolvemos para a antecipação dos problemas através do gerenciamento de TI? Com o nosso construtor de dashboards e os catálogos de serviços conseguimos ajudar a elevar o nível de maturidade da TI dos nossos clientes.

 

Tópicos relacionados

Gerenciamento de Serviços de TI na Prática
BAM – Monitoramento das atividades de negócio
Gestão de processos: gestão à vista e o monitoramento de atividades em tempo real
Métricas e indicadores de desempenho: Como utilizá-los a favor do seu negócio?