Quais são os indicadores de TI mais importantes para a área de negócios?

Por: opservices em 14.11.2014

Sabemos que o controle é uma das principais funções administrativas, possuindo uma participação vital que afeta a organização em todas as suas esferas, desde o nível estratégico até o nível operacional. É com o controle e a mensuração que o empreendedor pode verificar se as metas e os objetivos estabelecidos durante o planejamento estratégico estão sendo seguidos, além, é claro, de conseguir visualizar melhor se todos os processos implementados realmente são eficazes.

Acontece que, em cada área de negócios, determinados indicadores específicos precisam ser usados para obter os melhores resultados, de modo a otimizar ao máximo a utilização de todos os recursos do empreendimento. Na área de Tecnologia da Informação (TI), por exemplo, não é muito diferente. Por isso, resolvemos trazer, nesse post, os 3 principais tipos de indicadores para serem aplicados na sua empresa de TI. Confira logo a seguir!

 

Produtividade

Indicadores de eficiência: evitando desperdícios

Todos os indicadores criados para medir a eficiência terão como foco principal a avaliação dos processos mantidos pela empresa. São, portanto, indicadores internos, com a finalidade de medir a proporção de recursos consumidos com relação à saída de processos. Simplificando, é verificar como se pode fazer mais, com menos, evitando desperdícios no processo.
É fundamental verificar, por exemplo, quanto um processo deveria custar em um plano ideal, para saber como a sua empresa está lidando com os recursos disponíveis. Com essas informações, o empreendedor poderá fazer uma gestão estratégica de custos, que nada mais é do que o estabelecimento de normas, padrões e procedimentos para tornar todo o processo menos oneroso.

 

Qualidade

Indicadores de eficácia: foco nos resultados

Esse é o primeiro indicador focado para a avaliação de resultados. Quando nos referimos a eficácia, estamos falando se as metas e os objetivos estabelecidos no planejamento estratégico e tático foram cumpridas dentro do prazo estabelecido. Quer um exemplo? Sua empresa pretende oferecer um serviço novo, antes da concorrência, para atender as necessidades de um determinado público (objetivo). Para isso, pretende investir em pesquisa e treinamento (metas).

Se a sua empresa conseguiu completar todas as metas e, ao final, entregar o resultado esperado, ela estará agindo com eficácia, ou seja, as ações planejadas foram concluídas com sucesso. Evidentemente, para cada tipo de projeto, determinados indicadores específicos precisarão ser traçados, principalmente se a sua empresa atua com SaaS (Software as Service), que envolve ainda os testes.

 

Impacto

Indicadores de efetividade: indo além dos resultados

Por fim, devemos ainda estabelecer indicadores relacionados à efetividade, cujo foco também se dará sobre os resultados. Acontece que, diferente da eficácia, nesse caso teremos que estabelecer indicadores com outra perspectiva, que não é somente o atendimento de metas e objetivos. Aqui, estaríamos verificando qual foi o real impacto das medidas definidas no planejamento.

Se pegarmos o exemplo anterior como referência, teríamos que pensar nos seguintes aspectos: com a oferta do novo serviço, meu público ficou mais satisfeito? Consegui prospectar mais? Houve alguma diferença significativa na qualidade do serviço prestado? Em outras palavras, não basta realizar com sucesso todas as tarefas pré-estabelecidas, como também avaliar se essa medida realmente atingiu o seu público da maneira esperada.

Pronto para estabelecer os indicadores da sua empresa? Não se esqueça de acessar o nosso blog para acompanhar mais novidades!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos