Menu
Contato Comercial

OKRs: O que é e como implementar essa metodologia!

Por: Aldry Rocha em 24.05.2021
OKrs

A competitividade entre as empresas cresce à medida que as tecnologias impulsionam novas formas de gerar valor para os consumidores. Hoje, se destacar em um mercado global é cada vez mais difícil. Portanto, é necessário investir em inovação e contar com modelos de gestão sólidos e ágeis.

Um dos modelos de gestão que tem sido bem utilizados por grandes players da área de tecnologia, como Google, Netflix e Spotify, é a metodologia OKR (Objectives and Key Results). Seu intuito é simplificar a definição e o progresso dos objetivos e resultados da empresa.

De acordo com um estudo realizado pela Leadership IQ, com 400 empresas, apenas 15% dos funcionários acreditam que suas atividades contribuem diretamente para os resultados e objetivos da sua empresa. Isso mostra que os modelos de gestão mais tradicionais não são capazes de lidar com o atual nível de competitividade e o perfil dos profissionais disponíveis no mercado.

Quer saber mais sobre o que são OKRs e como podem contribuir para mudar a gestão da sua empresa para melhor? Então fica com a gente e acompanha o artigo até o final!

 

O que são os OKRs?

A metodologia de OKRs foi criada por Andrew S. Grove, ex-CEO da Intel, mas só se popularizou em 1999, quando começou a ser utilizado na Google. Vale destacar que na época a empresa contava com apenas 40 pessoas e hoje em dia, segundo Infomoney, conta com cerca de 200 mil funcionários.

As letras da sigla OKRs se relacionam diretamente ao modo como a metodologia funciona. Os Objetivos, os quais servem para apresentar uma direção clara do que a organização visa conquistar para manter todos os colaboradores focados e engajados em uma missão específica, devem se espelhar na missão e valores da empresa.

Para que os objetivos aconteçam de fato, eles devem ser mensurados por meio dos Key Results, que servem de referência para determinar o quanto a empresa está próxima de atingir seu objetivo. Resumidamente, são metas menores que levam em direção a um objetivo principal.

O objetivo é qualitativo enquanto os key results são quantitativos e devem ser delimitados por um período de tempo para serem atingidos. Os OKRs podem ser aplicados em diversas dimensões: a nível organizacional (anuais, semestrais ou trimestrais), setorial (trimestrais, mensais ou quinzenais) ou por colaborador específico (trimestrais, mensais ou quinzenais).

 

Diferenciais da metodologia de OKRs

Os OKRs é uma metodologia caracterizada por ser ágil, com ciclos de pequenas metas. Isso permite que ela se adapte conforme as mudanças necessárias. Os OKRs podem ser elaborados de maneira dinâmica, através da cultura top-down (nível macro) ou bottom-up (nível micro), envolvendo todos os níveis da organização.

Por ser de simples entendimento, adotar essa metodologia reduz o tempo gasto com definição de metas e traz maior transparência para os processos. Devem ser criadas metas audaciosas, isso faz com que os times se proponham a repensar sua maneira de trabalhar para alcançar essas metas.

Os objetivos devem ser públicos para todos os níveis empresariais, assim todos sabem quais são e se motivam em atingir esses propósitos. Com os OKRs estratégicos definidos, as equipes podem contribuir para a estratégia, criando OKRs táticos de atuação alinhados com os objetivos maiores da empresa.

O acompanhamento do desenvolvimento dos OKRs é realizado de maneira frequente, por meio de reuniões onde os gestores preparam feedbacks contínuos para seus colaboradores. Com esse processo, a empresa tem uma melhoria contínua, onde todas as partes envolvidas são importantes para a engrenagem que é a empresa.

No livro “Measure What Matters: How Google, Bono, and the Gates Foundation Rock the World with OKRs”, em português “Avalie o que Importa”, de John Doerr, ele apresenta o conceito (criado por ele) de “Superpoderes dos OKR”, que foi dividido em quatro tipos:

  • Foco e comprometimento com as prioridades empresariais;
  • Direcionamento e conexão com o trabalho;
  • Acompanhamento das responsabilidades;
  • Ousadia em metas surpreendentes.

 

Como criar e acompanhar seus próprios OKRs

Agora que você já sabe o que é e como os OKRs trazem valor para sua organização, chegou a hora de você aprender o passo a passo para criar seus próprios OKRs. Confira!

  • Metas claras e específicas: Tanto para os objetivos quanto para os key results, isso garante que seus colaboradores se sintam motivados para alcançar os objetivos definidos.
  • Objetivos organizados entre top-down e bottom-up: 40% do total de OKRs devem ser definidos por líderes e gestores e o restante pelas equipes. Ao envolver toda a empresa nas metas, se garante que todos tenham valor perante ao processo.
  • Prazos curtos: As metas propostas pelos OKRs devem ser de curto prazo, para tornar o processo mais eficiente.
  • Acompanhamento de resultados de forma constante: Realizar a avaliação de resultados obtidos de maneira semanal é interessante, uma vez que permite ajustes rápidos na estratégia de atuação.
  • Transparência nos OKRs: Devem ser de acesso a todos, a transparência é um dos pontos mais importantes na metodologia, manter todos informados é essencial para garantir que os processos estejam claros.
  • Mensuração de resultados: É o ponto central da metodologia, ao analisar os dados e resultados, fica possível tornar a tomada de decisão mais justa e o ambiente mais colaborativo.

Como já dito, a parte mais importante é o acompanhamento dos OKRs. Eles podem e devem ser exibidos por meio de dashboards, em telas de LCD espalhados pela empresa, mostrando os OKRs de cada área em tempo real, atualizados dinamicamente. Essa é uma das melhores formas de aprimorar a gestão empresarial. Confira um exemplo de dashboard estratégico de acompanhamento de OKRs criado por nós.

 
Dashboard Estratégico - OKR

 
Os painéis de Business Intelligence são uma ótima opção para a monitoração de OKRs, oferecendo, de forma eficiente, o suporte à gestão por meio de relatórios e dashboards real-time. Com os dados organizados e atualizados dinamicamente as empresas ganham maior agilidade e qualidade nos seus processos internos.

Além disso, a construção destes painéis permite automatizar tarefas, como atualização de planilhas, que normalmente são executadas manualmente. Desta forma, a equipe fica livre para realizar atividades mais complexas ou de maior valor para a empresa.

 

Implementação e Consultoria em Business Intelligence - BI

 
Aqui na OpServices temos desenvolvido diversos projetos na área de BI, principalmente focados no acompanhamento de indicadores estratégicos. Possuímos profissionais especializados em administração para apoiar na construção dos indicadores e uma equipe dedicada ao design de dashboards e relatórios, pois sabemos que uma boa experiência visual ajuda na adoção desse tipo de ferramenta por parte dos colaboradores. Caso tenha interesse em implementar uma solução de BI para monitorar seus OKRs, entre em contato com nossos especialistas!

Compartilhe:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos