profissional de ti

Gostar de gadgets, ser bom em lógica, ter curiosidade em relação ao funcionamento de equipamentos e contar com um diploma de nível superior nas mãos não é o suficiente para quem quer seguir carreira no mercado de tecnologia da informação.

Mesmo com uma carência de profissionais da área — atualmente faltam 39,9 mil profissionais de TI no Brasil e, até o final de 2015, este número deve crescer para 117 mil vagas abertas, segundo a consultoria IDC — para conseguir uma colocação é preciso muito conhecimento, muitas vezes qualificações específicas e certificações oficiais, além de muita disposição para ficar por dentro das novidades.

Para você que está começando agora, separamos cinco dicas que podem alavancar o início da sua trajetória profissional. Confira!

 

1. Escolha entre ser generalista ou especialista

Como a área de TI é bastante vasta, há a possibilidade de o profissional se especializar em uma delas e tornar-se um expert no assunto. No entanto, há os que não focam em uma área específica, entendendo de tudo um pouco. Neste último caso, o profissional tem um perfil generalista, ideal para quem pretende gerenciar áreas técnicas de diferentes subáreas de TI.

O generalista, apesar de ter conhecimento vasto, não se aprofundou em uma área, mas pode participar de projetos de implementação e planos de soluções tecnológicas, auxiliando analistas de diferentes setores, como desenvolvimento, banco de dados ou infraestrutura. Esse profissional geralmente possui habilidades para integrar as equipes e conhecimento em gestão de pessoas e projetos, sendo considerado multidisciplinar.

Já o especialista possui conhecimento técnico, teórico e prático em uma área na qual tem mais afinidade ou facilidade: banco de dados, redes, arquitetura da informação, programação, processamento, segurança, sistemas, entre outras. É importante que este profissional também tenha uma especialização secundária, para não ficar limitado na hora de oferecer soluções. Os dois tipos de profissionais são necessários no mercado. Faça uma análise do seu perfil pessoal, das suas habilidades e das áreas que você mais gosta para fazer a melhor opção para a sua trajetória profissional.

 

2. Conheça as áreas do conhecimento em que a TI pode ser aplicada

As tecnologias da informação podem ser utilizadas em diversas áreas, o que acaba ampliando as possibilidades de atuação do profissional de TI. Isso também cria oportunidades para aliar outros conhecimentos e áreas de interesse — que a princípio não têm relação direta com tecnologia — ao seu trabalho como gestor, gerente ou analista.

Quem atua com a criação de projetos de software pode apresentar soluções de gestão para as áreas de contabilidade e administração, ou programas coletores de dados em indústrias, no chão de fábrica. Também é possível focar na área de logística, criando sistemas de gerenciamento de transportes, ou na área de direito, oferecendo informações técnicas para embasar ações que envolvam a utilização de licenças, ou mesmo auxiliar câmaras específicas na elaboração de legislação de softwares.

Há ainda quem trabalhe na área esportiva, criando softwares de simulação de estratégias de competição; com comunicação, desenvolvendo tecnologias em transmissão de dados; ou na área ambiental, alinhando necessidades das empresas ao mínimo impacto ao meio ambiente. As possibilidades são grandes, basta identificar nas diferentes áreas do conhecimento problemas ou oportunidades que possam ser solucionados ou melhorados com as aplicações de TI.

 

3. Corra atrás de uma certificação oficial

Não só na área de TI, mas em todas as atuações profissionais, ir além do curso superior é necessário para garantir uma boa colocação no mercado. Para quem trabalha com tecnologia, uma das melhores formas de adquirir e comprovar seu conhecimento é por meio de certificações oficiais, entre elas ITIL, COBIT, ISO 20000, ISO 27001, SOX, BSC e BPM.

Empresas como Microsoft, Oracle, Novell, SAP e Cisco possuem certificações que são muito requisitadas. Para isso, procure centros credenciados ou escolas especializadas em tecnologia da informação que fornecem cursos sobre suas plataformas. Os alunos, depois de capacitados, fazem uma avaliação online que é aplicada por uma instituição internacionalmente reconhecida.

Se você optar por ser generalista, um MBA em gestão de projetos já é um grande diferencial, mas para os especialistas o domínio sobre tecnologias específicas podem ser mais valorizados. As certificações oficiais, que exigem mais dedicação, são fundamentais, pois oferecem conhecimento prático das tecnologias, são bastante valorizadas nas empresas e podem fazer com que você pule etapas de treinamento, caso consiga uma colocação.

 

4. Esteja sempre atualizado

Mesmo que você já tenha certificações oficiais e esteja atuando no mercado, é preciso estar sempre por dentro das últimas novidades em TI. Isso porque o mercado de tecnologias é muito dinâmico e, em questão de meses, muita coisa pode mudar, novas tendências aparecem, além de novas áreas de atuação.

Busque sempre atualizações em relação a banco de dados, sistemas operacionais, sistemas de gestão de negócios, ferramentas de gestão de redes, ferramentas de desenvolvimento, entre outras plataformas. Atualmente, as áreas de maior procura por profissionais são cloud computing, Big Data, mobilidade e social business.

 

5. Seja proativo

Antecipar-se aos problemas, colocar-se à disposição para trabalhar em novos projetos e sempre apresentar soluções é muito mais do que uma forma de mostrar que você não está acomodado. Ao ser proativo, você acaba aproveitando oportunidades de conhecer mais a empresa que trabalha e aprender muito mais.

Principalmente para quem é novo na companhia e ainda está naquela fase de adaptação. No começo, o trabalho geralmente flui de forma mais lenta, para que o profissional possa se adaptar, porém, é neste momento que você deve mostrar que quer fazer seu trabalho com excelência. Não espere apenas que as pessoas passem os projetos, vá você atrás deles, questionando, pedindo opiniões, colocando-se à disposição.

Isso também causará uma boa impressão à sua equipe e seus colegas o verão como um profissional dinâmico e comprometido com o sucesso da empresa. E você, acredita que já está pronto para dar os primeiros passos na sua carreira? Siga nossa página no LinkedIN para ficar por dentro das novidades!