Menu
Contato Comercial
Por: Pedro César Tebaldi em 26.04.2016

Conheça 4 tecnologias que vão revolucionar o mercado

Novas Tecnologias - tendências tecnológicas

Tecnologias já existentes que vão mudar os atuais modelos de negócios

Novas tecnologias têm causado impacto em diversos setores do mercado e trazido soluções inovadoras que reinventam a maneira como diversas atividades são realizadas. Do protocolo blockchain, que elimina a necessidade de intermediários para realização de transações confiáveis entre duas partes, sem necessidade de um terceiro confiável, a carros que dirigem sozinhos, essas inovações surpreendem. Demonstram a capacidade do ser humano em gerar ideias novas e modelos de negócios totalmente disruptivos.

Você sabe quais são as principais inovações (já existentes!) que vão se popularizar increvelmente nos próximos ano? A seguir, reunimos 4 tendências tecnológicas que prometem revolucionar a sociedade. Confira!

 

1. Blockchain

O Blockchain é um protocolo de contabilidade que funciona como um registro de transações virtuais. Ele permite que transações ente duas pessoas sejam realizadas de maneira segura, confiável e instantânea sem qualquer intermediário. Essa tecnologia já é utilizada nas transações em Bitcoin, a moeda virtual mais popular atualmente. Mas suas possibilidades são muito mais abrangentes. Grandes bancos como o americano Goldman Sachs e o espanhol Santander já começam a estudar o sistema para reduzir burocracias e elevar sua eficiência financeira.

Utilizando criptografia, o blockchain opera de modo descentralizado para validar qualquer tipo de transação, sendo imune a qualquer tipo de fraude (em nível criptográfico). Todas as transações realizadas podem ser verificadas através de um registro público que garante a transparência e a inviolabilidade das transações. Existem diversos modelos de negócios surgindo a partir do conceito de plataforma descentralizada utilizando o blockchain, como o MaidSafe (internet descentralizada), Arcade City (Uber sem intermediário), Ujo Music (distribuição de músicas), Rootstock (contratos inteligentes), Dynamisapp (seguro peer-to-peer), Stampery (certificados de autenticidade), entre diversos outros.

 

 
Outro exemplo que utiliza essa tecnologia é a Ethereum, uma plataforma lançada em 2015 que permite criar outras plataformas utilizando o blockchain como protocolo de segurança e contabilidade. Entre as possibilidades estão a criação de contratos inteligentes, documentos como certidões de nascimento, casamento e contratos de trabalho que podem ser desenvolvidos sem a necessidade de uma instituição pública para validar esses registros. A própria ferramenta, através do uso de blockchain, protege esses dados únicos por criptografia e os torna confiáveis e seguros.

 

2. Logística autônoma e automatizada

Em 2009, quando a Google começou a testar seu modelo de carro que se dirige sozinho, já se especulava sobre como isso poderia mudar os o cotidiano das pessoas. Hoje essa tecnologia está muito próxima de ser empregada no mercado em diversas áreas. A Mercedez-Benz já iniciou a produção em série de seu caminhão autônomo, o Actros. Com um sistema que guia o veículo em vias públicas, a tecnologia promete reduzir o consumo de combustível e o número de acidentes nas estradas.

Recentemente, uma das mais famosas redes de pizzarias dos Estados Unidos, a Domino’s, também fez suas apostas na tecnologia autônoma ao criar um robô que entrega pizzas sozinho. Chamado de DRU (Domino’s Robotic Unit), esse robô possui GPS, conexão com Google Maps e um sensor de obstáculos para que nada impeça a pizza de chegar até o cliente.

Veja como funciona a tecnologia de piloto automático da Tesla:

 

3. Robôs para atendimento ao cliente

Um restaurante no leste da China tem um serviço nada tradicional: os clientes são servidos por robôs. Dois dão as boas vindas aos clientes e os demais servem as mesas. Utilizar robôs para atendimento é uma tendência que se consolidará nos próximos anos, principalmente com o desenvolvimento da inteligência artificial e aprendizado de máquinas.

Diversas instituições estão adotando essa tecnologia, como a Mitsukoshi, uma famosa rede de lojas de departamento que incluiu “uma robô” com aparência de mulher para atender os clientes. E novas tecnologias estão surgindo. A empresa Fellow Robots, por exemplo, lançou recentemente o Navii. Ao perguntar sobre um produto a esse robô ele é capaz de te levar até a sessão onde esse produto se encontra.

 

4. Inteligência artificial

A Inteligência Artificial está evoluindo e já não é difícil encontrar notícias que mostram casos em que uma máquina superou a inteligência humana em alguma tarefa. Em 1997, uma máquina derrotou o campeão Garry Kasparov no xadrez. Já em 2011, um supercomputador da IBM desbancou os melhores jogadores de Jeopardy, um game show da TV americana, onde o robô foi capaz de compreender e responder corretamente perguntas aleatórias, contando apenas com uma coleção de enciclopédias armazenadas em sua memória. Apesar de parecer um trabalho simples de armazenmento de informações, o Jeopardy exige muito do computador pois não faz perguntas, ele simplesmente dá a resposta e os participantes é que fazem a pergunta correta. Para um máquina esta é uma atividade de alta complexidade. Veja o vídeo abaixo:

 

 
Leia também: Tendências de TI e novas tecnologias que vão mudar o mercado B2B

Compartilhe:

ESCRITO POR

Pedro César Tebaldi

Atua há 10 anos no mercado B2B de tecnologia da informação como gerente de marketing, tendo escrito mais de 500 artigos sobre tecnologia durante esse período. Também é responsável pela área de Business Intelligence da OpServices, que presta consultoria para médias e grandes empresas em todo o Brasil.

Posts Relacionados

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos