Menu
Contato Comercial
Por: Pedro César Tebaldi em 25.05.2023

5 principais ferramentas de Observabilidade

Com a descentralização e escalabilidade de sistemas e aplicações, se tornou essencial monitorar de perto o desempenho e possíveis problemas em sistemas distribuídos a fim de garantir a boa experiência do usuário. Para isso, as equipes de desenvolvimento e operações precisam contar com ferramentas eficazes que ajudem a tornar esses sistemas observáveis.

Pensando nisso, separamos as cinco melhores ferramentas de observabilidade disponíveis atualmente.

 

Para que servem as ferramentas de Observabilidade?

As ferramentas de observabilidade desempenham um papel fundamental no monitoramento e na análise de sistemas complexos, trazendo às equipes DevOps uma visão abrangente do comportamento dos aplicativos e da infraestrutura.

→ Confira nosso artigo sobre: O que é Observabilidade?

Essas ferramentas contam com recursos poderosos para coletar, armazenar, analisar e visualizar dados relevantes, proporcionando insights valiosos para identificar problemas, otimizar o desempenho e garantir a confiabilidade dos sistemas. Confira algumas das principais funções e benefícios que estas ferramentas proporcionam:

 

1 – Monitoramento do desempenho

Com as ferramentas de observabilidade você pode monitorar métricas-chave de desempenho, como tempo de resposta, latência, utilização de recursos e taxa de erros.

 

2 – Detecção e solução de problemas

Elas permitem que você colete e analise uma ampla variedade de dados, como logs, métricas e traces, ajudando a identificar rapidamente problemas e suas causas raiz. Isso permite uma resolução mais rápida e eficiente de incidentes, minimizando o impacto nos usuários e no negócio.

→ Confira nosso artigo sobre: 3 Pilares da Observabilidade: logs, métricas e traces

 

3 – Análise de tendências e padrões

A análise histórica auxilia na detecção de problemas recorrentes, na identificação de áreas que requerem otimização e na previsão de demandas futuras. Tudo isso traz maior embasamento para o planejamento e a tomada de decisões estratégicas.

 

4 – Visibilidade em sistemas distribuídos

Com arquiteturas baseadas em microsserviços e contêineres, é imprescindível ter visibilidade do que está acontecendo nos sistemas distribuídos. As ferramentas de observabilidade permitem rastrear o fluxo de solicitações em diferentes componentes, identificar gargalos de desempenho, avaliar a integridade dos serviços e entender as dependências entre eles.

 

5 – Alertas e notificações

Essas ferramentas permitem que você configure alertas e notificações automáticas com base em condições pré-definidas. Assim as equipes podem ser informadas imediatamente sobre problemas críticos, como falhas de serviço, picos de tráfego ou violações de SLAs.

→ Confira nosso artigo sobre: O que é SLA?

 

Ferramentas de Observabilidade

Agora que você já conhece os principais benefícios que essas ferramentas podem te trazer, confira quais são as 5 principais ferramentas utilizadas no mercado.

 

1 – Prometheus

O Prometheus é uma ferramenta de código aberto amplamente adotada para monitorar e alertar sobre a saúde de sistemas e aplicações. Seu destaque fica para a arquitetura simples e flexível, que permite a coleta e o armazenamento eficiente de métricas. Com suporte para consultas e alertas, ele oferece uma visão detalhada do comportamento do sistema e ajuda a identificar gargalos e problemas de desempenho.

→ Confira nosso artigo sobre: monitoramento preditivo

 

2 – Grafana

Essa plataforma de visualização de dados é amplamente utilizada e consegue se integrar facilmente ao Prometheus, entre muitas outras ferramentas. O Grafana conta com uma interface intuitiva, permite criar painéis personalizados e gráficos interativos para monitorar métricas e logs em tempo real. Além disso, oferece recursos de alerta, o que permite que as equipes configurem notificações com base em condições específicas.

 

3 – DataDog

Permite o monitoramento de métricas, logs e traces de aplicações. Também conta com recursos de alerta, análise de tendências e integração com outras ferramentas populares.

 

4 – ELK Stack

O ELK Stack é uma suíte de ferramentas poderosa para observabilidade de logs e análise de eventos composto pelo Elasticsearch, Logstash e Kibana. Permite a indexação e pesquisa eficiente de grandes volumes de logs, enquanto o Logstash facilita a coleta, transformação e envio de logs para o Elasticsearch. Já o Kibana oferece uma interface intuitiva para visualizar, pesquisar e criar painéis com base nos dados de log coletados, ajudando a identificar padrões, anomalias e tendências.

 

5 – Dynatrace

Ferramenta que combina monitoramento de desempenho, rastreamento de transações e inteligência artificial para fornecer insights acionáveis sobre o ambiente de TI. Conta com recursos avançados de detecção automática de dependências e análise de causa raiz, também ajuda as equipes a entenderem o impacto das alterações de código e a identificarem gargalos de desempenho em tempo real.

 

Extra: exemplo prático unindo prometheus e grafana

Para entender melhor sobre todo o conteúdo abordado, nada melhor do que ver um exemplo na prática! Separamos um dashboard que foi criado para um de nossos clientes aqui na OpServices (devidamente descaracterizado, visando proteger a integridade dos dados de nosso cliente) para te mostrar como as ferramentas prometheus e grafana conseguem trabalhar juntas.

→ Confira nosso artigo sobre: Guia completo sobre Observabilidade

Nesse painel de visualização desenvolvido por meio do Grafana, podemos visualizar dados sobre o monitoramento de kubernetes e prometheus. Esse dashboard traz uma visão geral sobre o consumo de memória e CPU pelos nodes e podes do kubernetes e também informações sobre disponibilidade e capacidade de forma mais detalhada sobre cada um dos nodes.

Observabilidade

Se você quer tornar seus sistemas observáveis, saibe que pode contar com a gente. Temos mais de 20 anos de experiência no mercado com monitoramento complexo e avançado de ambientes de TI, aplicações e sistemas e podemos te ajudar nessa missão. Fale com nosso time de especialistas e vamos juntos descobrir os melhores KPIs para o seu negócio.

Compartilhe:

ESCRITO POR

Pedro César Tebaldi

Atua há 10 anos no mercado B2B de tecnologia da informação como gerente de marketing, tendo escrito mais de 500 artigos sobre tecnologia durante esse período. Também é responsável pela área de Business Intelligence da OpServices, que presta consultoria para médias e grandes empresas em todo o Brasil.

Posts Relacionados

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos