Monitoramento de rede: como fazer?

Por: opservices em 07.08.2014
Monitoramento da rede corporativa

Os profissionais de TI sabem que até mesmo os equipamentos de última geração e os softwares mais atualizados não garantem sistemas imunes a erros. Por isso, qualquer sistema crítico para um negócio deve ser monitorado constantemente para evitar interrupções que prejudiquem sua utilização pelos usuários.

O departamento de tecnologia da informação de uma empresa é um dos setores mais críticos do negócio. É através da TI que se controla todos os dados e todas as operações que darão sustentação aos seus sistemas. Atualmente há uma grande preocupação com a segurança desses dados. Com quase todas as aplicações desenvolvidas na nuvem, o risco de ataques e roubo de informações é algo real.

Assim, cada dia mais as empresas tem buscado criar estruturas de TI capazes de manter tudo organizado e seguro. Neste contexto, o monitoramento de redes aparece como fator substancial para o sucesso do seu departamento de TI. A seguir, explicaremos tudo sobre o gerenciamento de redes. Confira!

 

O que é monitoramento de redes

O monitoramento de redes é o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de recursos físicos e lógicos de uma rede e que podem ser distribuídos em diversos ambientes próximos ou não. Na prática, significa a gestão e o emprego de sistemas e metodologias que permitam que suas redes entreguem uma boa qualidade de serviço, proatividade e, principalmente, integração com outros processos do seu negócio.

A gestão das redes pode ser do tipo centralizada, utilizando um NOC, por exemplo, quando um centro de gerência controla todo o processo. Também pode ser descentralizada, quando o trabalho é dividido entre os responsáveis em cada setor.

Um bom gerenciamento de redes costuma envolver um computador conectado à rede (gerente) que executa a gestão através de um software (chamado de agente) e protocolos de gestão, que servem para entregar mecanismos de comunicação entre o gerente e o agente. Como resultado, teremos uma base de dados de gerenciamento.

 

Qual sua importância do monitoramento da rede para o negócio?

A internet obrigou as empresas a buscarem alternativas para trabalhar com uma quantidade muito grande de dados. Houve uma mudança tão grande e tão rápida na maneira como os usuários consomem conteúdo que muitos gestores se perderam no meio do caminho ao tentar migrar seus sistemas antigos para novos.

Na prática, essa perda significa falhas de conexão e paradas na operação, acarretando perda de dinheiro com profissionais ociosos, transações não concluídas, serviços indisponíveis e clientes insatisfeitos.

 
Dashboards para Gestão à Vista

 
Atualmente, não se pode correr o risco do seu sistema travar logo no momento de fechar um novo negócio. Pior do que isso, não se pode tolerar que sua rede fique mais lenta à medida que novos clientes são colocados nela.

Normalmente, as empresas de médio e grande porte já entenderam que precisam entregar de maneira rápida e segura a informação para seu usuário final e, com isso, acabam investindo em gerenciamento de redes para garantir o fluxo dos dados e saber exatamente o que passa pela sua rede.

Entretanto, mesmo que se saiba da importância do gerenciamento de redes, ainda são poucas as empresas que realizam esse trabalho de forma a se antecipar aos problemas sistematicamente, encontrando os problemas no exato momento em que eles acontecem.

O gerenciamento de redes não significa um alto custo para a sua empresa. Ao contrário, é um elemento chave para evitar perdas financeiras e de imagem com os seus serviços e processos indisponíveis. Uma dica na hora de se fazer investimentos em equipe e software é estimar os custos com perdas financeiras por mal funcionamento da rede. Na maioria das vezes os investimentos para reduzir sistematicamente os gargalos na rede compensam.

 

Por que o monitoramento de rede deve ser prioridade da TI?

As redes corporativas garantem toda troca de informações entre os computadores da sua empresa. Nos tópicos a seguir listamos vantagens percebidas ao realizar um gerenciamento de redes eficiente.

 

Sempre por dentro

Quando uma empresa monitora sua rede, os funcionários responsáveis pelos processos de TI serão informados sobre possíveis falhas por meio de alertas de e-mail pré-programados, notificações visuais ou dashboards da saúde da rede. Isso faz com que a equipe fique sempre por dentro do desempenho a partir de qualquer lugar, podendo atuar de forma mais ágil, caso algum problema ocorra.

Imagine que a rede da empresa apresenta alguma falha no fim da noite. Caso a infraestrutura seja monitorada, um profissional poderá solucionar o problema imediatamente, de forma remota, antes mesmo que os funcionários comecem a trabalhar no dia seguinte. Esse monitoramento remoto da rede também pode ser realizado por uma equipe terceirizado, por meio de NOCs (Network Operations Centers).

 
OpMon Traffic Analyzer - Monitoramento do tráfego de rede

 

Agilizando correções

O monitoramento da rede também torna a correção dos problemas mais rápida. Isso acontece porque as soluções para esse fim já mostram qual dispositivo pode estar causando a falha, reduzindo o tempo necessário para identifica-los e solucioná-los.

 

Identificando tendências

A rede de uma empresa pode apresentar diversos problemas de forma isolada ao longo dos anos e, caso eles não sejam analisados com cuidado, algumas tendências importantes podem passar despercebidas pela equipe de TI. Com uma ferramenta do monitoramento, os profissionais são capazes de identificar padrões nas falhas e, consequentemente, entender como está a saúde da rede para definir ações de melhoria.

 

Planejando com calma o monitoramento de rede

Se algum equipamento começa a apresentar problemas constantes, prejudicando as tarefas, isso significa que sua empresa já perdeu o momento adequado para substituí-lo.

Quando a equipe de TI monitora a rede, no entanto, será possível programar manutenções periódicas ou investimentos em novos equipamentos para prevenir problemas em hubs, roteadores, modems ou outros pontos da infraestrutura. Isso evita que a rede opere no limite de sua capacidade por muito tempo, permitindo que a empresa planeje os investimentos com mais tranquilidade e sem grandes impactos no orçamento.

 

Facilitando a visualização

Quando a equipe de TI precisa explicar alguma questão técnica à alta gestão da empresa, são grandes as chances que ocorram ruídos na comunicação. Por isso, monitorar a rede com ferramentas voltadas para esse fim pode facilitar a visualização do desempenho do sistema e seus pontos críticos, o que favorece a tomada de decisão não somente da equipe de TI como também dos proprietários do negócio.

 

Ferramenta para monitoramento de rede

Para gerenciar e analisar todos os dados trafegados na rede as organizações precisam se valer de soluções que apoiem a gestão de TI fornecendo formas de visualização destes dados. Para isso desenvolvemos o OpMon Traffic Analyzer que permite o monitoramento qualitativo da rede.

 

Monitoramento do tráfego de redes

Monitore a performance da sua rede com dashboards e relatórios gerenciais!

OpMon Traffic Analyzer

 
 
Com tudo isso, é possível perceber que o monitoramento de redes ajuda a tornar o trabalho da equipe de TI mais estratégico, criando soluções para os desafios tecnológicos antes mesmo que eles se apresentem. Continue acompanhando o nosso blog para descobrir como nossas ferramentas podem ajudar a melhorar o desempenho dos sistemas em sua empresa ou siga nossa página no LinkedIN.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos