Menu

Multicloud: conheça os benefícios dessa estratégia

Por: Aldry Rocha em 06.01.2021
Multicloud

A migração da infraestrutura física de TI para serviços em nuvem deixou de ser tendência para se tornar uma realidade para a maior parte das organizações. Embora nem todas elas percorram o caminho de migrar 100% da sua infraestrutura, já é muito difícil encontrar alguma empresa que não utilize nenhum tipo de serviço de computação em nuvem.

Hoje, a realidade é que, além da utilização de serviços em nuvem, como de fornecedores como Microsoft Azure, Amazon AWS ou Google Cloud Platform, já se fala no conceito de multicloud. Ou seja, utilizar mais de uma nuvem pública para hospedar a infraestrutura corporativa ou qualquer tipo de aplicação ou ambiente de testes.

Quer saber mais sobre esse modelo de serviço computacional? Então fique com a gente e acompanhe nosso artigo!

 

O que é Multicloud?

A estratégia multicloud se baseia na utilização de pelo menos dois ambientes distintos na nuvem de maneira simultânea. Num primeiro momento, seu uso tinha como objetivo suprir problemas que ocasionavam perda de dados e downtimes. Já hoje em dia,  existem muitas outras vantagens reconhecidas pela área de tecnologia. Sua abordagem é formada pela utilização de mais de um fornecedor de nuvem pública. Ela também pode ser definida como uma forma de implementação e administração da computação em nuvem.

É comum a comparação entre nuvem híbrida e multicloud. A nuvem híbrida se enquadra como uma combinação de serviços entre nuvem privada e pública, ambas sendo integradas por uma camada de software ou plataforma de orquestração. Deste modo, o serviço consegue funcionar corretamente de maneira transparente. Já a multicloud envolve dois ambientes de nuvem pública, podendo ter também, ou não, mais um ambiente de nuvem privada.

De acordo com previsão do IDC para o mundo todo, até 2023, mais de 70% das empresas usarão recursos de plataformas de gerenciamento de múltiplas nuvens como parte dos serviços de nuvem gerenciada para padronizar ferramentas, garantir a qualidade do serviço e permitir o gerenciamento da demanda.

 

Vantagens de uso do multicloud

A seguir apresentamos os maiores benefícios por trás deste tipo de arquitetura.

 

Flexibilidade

Por não estar preso a somente um provedor de nuvem, as organizações conseguem ofertas adequadas de acordo com sua demanda atual, podendo migrar ou fazer upgrades quando necessário nos serviços oferecidos, além de poder negociar individualmente com os diferentes provedores existentes. Além disso, é muito comum que fornecedores de nuvem oferecerem valores mais competitivos para serviços diferentes ou serem especializados em uma camada específica da arquitetura em nuvem.

 

Segurança

Como o modelo multicloud possibilita a combinação entre diferentes tipos de provedores, que contam com diferentes alternativas de segurança, é possível manter os dados sensíveis em uma nuvem privada para serem consumidos de forma anonimizada pelas nuvens públicas. Esse modelo torna os dados sensíveis mais seguros e mantém a empresa compliance com as novas leis de proteção de dados, como a LGPD (lei brasileira) e a GDPR (lei europeia).

Outro fator de segurança é que, com o uso deste tipo de modelo, a exposição às ameaças virtuais é menor, pois seus serviços são distribuídos entre diferentes fornecedores. Com isso, um ataque nunca afetará um sistema por completo, pois a superfície de ataque é reduzida e dividida entre as múltiplas nuvens.

 

Monitoramento de Infraestrutura de TI

Monitore indicadores de qualquer tipo de dispositivo em qualquer datacenter ou na nuvem!

Conheça o OpMon

 

Proximidade

Cada serviço de nuvem é hospedado em um ou mais datacenter, espalhado em diversas regiões do mundo, também conhecidas como zonas de disponibilidade. Para o usuário final acessar uma aplicação cloud pela internet existe um tempo de resposta. Esse tempo é conhecido como latência e, de acordo com a distância física entre o datacenter e o usuário, pode variar bastante.

Uma das vantagens do multicloud é a redução do tempo de resposta para usuários, uma vez que algumas cargas de trabalho podem ser distribuídas e alocadas em provedores de nuvem regionais, que operam mais próximo dos usuários em questão. Assim, a empresa consegue manter uma alta disponibilidade com baixa latência.

 

Failover

Fazendo uso dos ambientes multicloud é possível reduzir e até mesmo eliminar interrupções. Com o modelo multicloud é possível que as empresas tenham o backup de seus dados, dos fluxos de trabalho e dos sistemas de forma escalável, caso a nuvem principal venha a ficar inativa por algum motivo. Sempre é bom lembrar que realizar o backup em um mesmo servidor ou datacenter não é considerado uma prática segura, uma vez que riscos relacionados a catástrofes, como incêndios e terremotos, são imprevisíveis.

 

Aderência a legislações locais

Dependendo do território nacional onde a empresa atua, ela estará sujeita ao cumprimento de regras governamentais locais, como armazenamento de dados em território nacional. O multicloud permite isso, ao mesmo tempo em que aloca outros serviços de forma independente.

 

Conclusão

O uso dos recursos em nuvem pode agregar bastante para qualquer tipo de empresa, mesmo que a intenção não seja migrar 100% da sua infraestrutura. Além disso, já é possível aproveitar os recursos de mais de um fornecedor e orquestrar essas múltiplas nuvens através de camadas de software que inclusive podem seguir regras que utilizam o fornecedor de menor custo. Enfim, traz uma série de vantagens para qualquer empresa.

Entretanto, é preciso um pouco de cautela, pois um dos erros mais comuns é implantar duas, três ou, às vezes, mais nuvens públicas sem uma compreensão clara de como essa arquitetura multicloud será gerenciada a longo prazo. Outro risco é acabar utilizando recursos redundantes, como armazenamento e computação, o que irá resultar em um aumento de custos que poderia ser evitado.

Banner Monitoramento em Cloud

Como qualquer novo modelo de arquitetura é importante pesar bem os prós e contras antes da sua adoção. Além disso, é preciso que toda essa arquitetura computacional seja monitorada por uma ferramenta que centralize todos estes dados.

Caso você tenha interesse em conhecer a nossa plataforma para monitoramento de TI, IOT e Negócio, não deixe de conhecer nossas soluções. A monitoração distribuída da nossa plataforma permite monitorar arquiteturas multiclouds ou híbridas.

Compartilhe:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos