Menu
Contato Comercial
Por: Pedro César Tebaldi em 08.02.2018

O que é PING e como funciona seu monitoramento?

O que é PING?

Sigla para Packet Internet Network Groper, algo como localizador de pacotes na rede de internet em português, o PING é um comando disponível em quase todos os sistemas operacionais. Avalia o tempo de envio de um pacote de dados e de resposta entre máquinas conectadas a uma mesma rede.

O resultado é dado em uma unidade de tempo, geralmente de alguns milissegundos. Quanto maior o valor do PING, mais lenta é a transmissão de informações dentro daquela rede e mais difícil é a sincronização de dados em tempo real, o que pode explicar por que a sua conexão com a internet ou com outros computadores da empresa é tão ruim.

Agora que você já descobriu o que é PING, que tal conseguir mensurá-lo dentro da sua rede e utilizá-lo para monitorar os sistemas da sua empresa? É só conferir o nosso post!

 

Qual a função do PING?

O PING serve para avaliar a conexão da rede de equipamentos internos (computadores, impressoras, máquinas etc) e a conexão com servidores de internet e endereços de sites específicos, determinando o tempo de latência da resposta entre as máquinas.

Seu valor é tanto um marcador de velocidade de transmissão de dados quanto uma forma de conferir se todos os equipamentos da rede estão realmente conectados e responsivos aos comandos.

Dessa forma, o PING avalia a qualidade da infraestrutura de qualquer rede e é útil para a monitoração de funcionamento e observação de melhorias.

 

Entendendo os seus benefícios

Um resultado de PING alto indica que o equipamento/endereço sendo testado não está conectado adequadamente à rede ou que a transmissão de dados dentro da rede é  lenta e o tempo gasto para todo o processo é elevado. Esse resultado pode indicar indisponibilidades em todos os serviços suportados por este device.

Já um PING baixo é sinal de que a transmissão de dados ocorre em uma velocidade adequada e que o equipamento/endereço está bem conectado. Nesses casos é possível afirmar que a disponibilidade está OK.

 

Como realizar um teste de PING

Realizar um teste de PING não é uma tarefa tão complexa e pode ser feita por qualquer pessoa.

Acesse o Prompt de Comando ou o Terminal do seu sistema operacional. No windows, isso pode ser feito digitando “cmd” ou “prompt de comando” na janela de busca do menu inicial. No Linux, o prompt pode ser acessado dentro da pasta Acessórios ou por meio dos atalhos de teclas Ctrl+Alt+T. Já no Mac OS X, é necessário acessar a pasta de Aplicativos e, em seguida, a de Utilitários, onde se encontra o Terminal.

Uma vez que a janela esteja aberta, digite a palavra “ping” e o endereço do site ou IP do computador que você deseja testar a velocidade de conexão. Dê enter e visualize os resultados.

Normalmente são enviados quatro pacotes de 32 bytes, e o tempo médio de envio é calculado ao final da análise. O sistema pode mostrar também a perda de alguns pacotes durante o envio, o esgotamento do tempo limite de pedido devido às instabilidades na rede ou falha geral do sistema devido à interrupção completa da conexão.

 

Monitoramento de PING

Quando realizado de forma regular, esse teste oferece um monitoramento simples da infraestrutura de TI, reduz a chance de falhas no sistema e serve de base para a tomada de decisões. Porém, para gerenciar ambientes corporativos o ideal é utilizar um software que automatize o monitoramento de toda a infraestrutura. Além disso, é possível inúmeras métricas, como disponibilidade de dispositivos e serviços associados a estes dispositivos, capacidade e performance, entre muitos outros.

Nesse caso, existem muitas ferramentas. Indicamos o OpMon, que é o software de monitoramento de infraestrutura de TI líder no Brasil. É desenvolvido pela OpServices e possui funcionalidades avançadas, como construção de dashboards customizados de todos os elementos monitorados. Clique no banner abaixo para mais informações!

 
Banner - Gerenciamento de TI e Infraestrutura

 
Quer descobrir mais sobre o que é PING e sobre outros sistemas de monitoramento de TI? Entre em contato com a nossa equipe e tire suas dúvidas!

Compartilhe:

ESCRITO POR

Pedro César Tebaldi

Atua há 10 anos no mercado B2B de tecnologia da informação como gerente de marketing, tendo escrito mais de 500 artigos sobre tecnologia durante esse período. Também é responsável pela área de Business Intelligence da OpServices, que presta consultoria para médias e grandes empresas em todo o Brasil.

Posts Relacionados

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos