O que é TCO e como calculá-lo para a aquisição de software?

Por: opservices em 02.12.2016

TCO – Custo Total de Propriedade

O custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership) é método de avaliação dos custos diretos e indiretos de um produto para quantificar o valor real do mesmo, tal como softwares e hardwares, e de tudo que é necessário para mantê-los funcionando.

É extremamente importante para a governança de TI e para o retorno de investimento (ROI) em projetos de TI.

 

TCO - Custo Total de Propriedade

 
Um bom exemplo é a compra de um carro. Além do custo pela propriedade, deve ser levado em consideração os custos com documentação, gasolina e mão de obra. Este conceito foi adotado ainda em 1987 pela Gartner Group e foi adotado por empresas de TI com a intenção de realizar a avaliação dos investimentos em torno do setor. Continue a leitura e descubra como calcular o TCO para a aquisição de software!

 

O TCO em TI

No momento de adquirir um software muita coisa deve ser levada em consideração como, por exemplo, a natureza deste software (se proprietário ou código aberto), o ambiente onde ele funcionará (máquinas em geral como servidores e todo o hardware envolvido), se a aquisição é por meio de licenciamento ou compra e assim por diante.

É muito comum associar TI com altos custos, sejam eles com equipamentos ou com mão de obra. A função do TCO é dar uma estimativa de todo o investimento, assim evitando que a percepção com os investimentos em TI sejam baseadas apenas em análises superficiais. Afinal de contas, um dos objetivos da TI é garantir maior eficiência em processos que são apoiados por tecnologia.

 

Como calcular o custo total de propriedade

Para se calcular o TCO deve ser levado em consideração muitos fatores como o custo para aquisição, para implementação e os custos de manutenção ou suporte. E cada item tem sua importância na hora de efetuar o cálculo:

 

Aquisição

Podem ser considerados itens como a compra de hardware e software, o tempo gasto na implementação (custo de oportunidade para realizar outras atividades), a depreciação das máquinas, a obsolecência tecnológica e a compra de equipamentos.

 

Custos com a implementação

Devem ser considerados no momento da contratação de uma solução de TI os custos para instalação, configuração e customização. Dentro destes custos estão os valores propriamente ditos, assim como o tempo de instalação, os profissionais internos envolvidos, as horas gastas com treinamento e a curva de aprendizado até a equipe ter o domínio da solução.

 

Custos de suporte

Levam em consideração os itens para se manter o sistema funcionando. Podem ser contabilizadas horas apoio para executar atividades, migração de infraestrutura, construção de agentes e plugins customizados para determinada empresa.

 

Software proprietário vs Software livre

A maneira mais simples de conceituar a diferença entre software proprietário e software livre é dizer que o proprietário foi desenvolvido por uma empresa, que detém os direitos pelo software e o uso está sujeito a aquisição de licença. Já o software livre é um sistema desenvolvido por várias comunidades de desenvolvedores que se propõem a dar as manutenções necessárias, assim como as atualizações para manter o sistema funcionando.

A diferença entre estas modalidades impacta totalmente no TCO, já que muitas vezes estas empresas trabalham com renovações de licença anuais, enquanto no software livre tem que se manter a preocupação com a mão de obra especializada para fazer as customizações necessárias para sua empresa, além de geralmente necessitar de um profissional especialista interno.

Além dos softwares livres, outras soluções de tecnologia tem mudado muito o cenário da última análise de TCO. Podemos citar o cloud computing e SaaS (Software as a Service – Software como serviço) como grandes influenciadores nestas mudanças, principalmente por mudarem a forma como os investimentos são realizados.

Gostou do artigo sobre TCO? Então, o que acha de conferir agora quais os benefícios do ITIL para a sua empresa?

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos