Amazon Web Services: Como funcionam a AWS

Por: Pedro César Tebaldi Gomes em 02.12.2016
Principais Serviços da AWS - Amazon Web Services

O uso da computação na nuvem já está consolidado em várias empresas como um poderoso aliado para agilizar respostas às diversas demandas de mercado. Para que esse uso seja feito com agilidade e alta performance, o gestor de TI deve definir uma estratégia eficaz, em que profissionais possam utilizar uma plataforma de serviços com alta disponibilidade, performance, alto poder de processamento de dados e que seja escalável.

Nesse sentido, nenhuma empresa se destaca tanto como a Amazon Web Services. Neste artigo, abordaremos o funcionamento da AWS, um fornecedor de serviços em nuvem para cloud computing.

 

O que é a Amazon Web Services

Criada em 2006, a AWS é um provedor de serviços em nuvem que oferece serviços serviços de infraestrutura de TI para empresas por meio da internet, o que é conhecido popularmente como computação em nuvem.

Em teoria, permite reduzir gastos com infraestrutura e agilizar a aquisição de hardware. A ideia é que as empresas não tem como negócio fim a administração de datacenters e isso caberia a uma empresa altamente especializada.

A Amazon Web Services possui datacenters em todo o mundo (Europa, Cingapura, Austrália, Brasil, Japão e Estados Unidos), o que garante maior segurança contra ataques (redundância) e maior disponibilidade

Além disso, ao utilizar os serviços de uma empresa como a Amazon se herda as certificações de segurança, como PCI DSS Level 1, FISMA Moderate, HIPAA, FedRAMP e ISO 27001 e relatórios de auditoria SOC 1 e SOC 2. Isso trás aderência às principais regras de compliance.

 

Conheça os principais serviços da Amazon Web Services

A AWS oferece um amplo portfolio de serviços de nuvem globais, como computação, armazenamento, bancos de dados, análises, redes, dispositivos móveis, ferramentas para desenvolvedores, ferramentas para gerenciamento, IoT, segurança e aplicativos empresariais, entre muitos outros.

Esses serviços ajudam as empresas a ser mais produtivas e a focar no que interessa, seu core business. O objetivo da AWS como provedor global de serviços é reduzir custos e prover escala computacional.

A Amazon Web Services possui mais de 200 serviços disponíves. Conheça os 4 mais conhecidos:

 

Amazon EC2

A Amazon Elastic Compute Cloud é um serviço de hospedagem de dados com alta escalabilidade. Apesar de sua interface simples, o gestor de TI possui controle sobre a forma como os recursos são contratados e gerenciados. Sempre que for necessário, o ambiente computacional pode ser modificado para atender às demandas da empresa, reduzindo o tempo necessário para atender a demandas do mercado.

Além disso, o EC2 conta com auto scaling, que modificará a quantidade de recursos contratada automaticamente durante picos de demanda. Junto do Elastic Load Balancing (ELB), que melhora a distribuição do tráfego de dados dinamicamente, essa função torna os serviços mais simples e confiáveis.

 

Amazon Route 53

O serviço de DNS da Amazon, Route 53, torna a gestão de aplicativos e serviços web mais simples e eficaz. Nele, developers contam com uma solução flexível e capaz de atender aos principais desafios da distribuição contínua de aplicações pela internet. Além disso, o Amazon Route 53 possui compatibilidade total com o IPv6, novo padrão de IPs da web.

O Amazon Route 53 faz uso de algoritmos que direcionam o tráfego entre as várias instâncias de servidores da melhor forma possível. Disponibilizando ao usuário sempre os melhores endpoints disponíveis, a empresa garante o melhor serviço possível.

 

Amazon S3

A gestão de dados é um desafio crescente em empresas que integram os seus fluxos de trabalho a ferramentas de TI. Nesse sentido, o Amazon S3 pode ser utilizado para administrar os serviços de armazenamento de dados de acordo com o tipo de informação que está sendo armazenada, otimizando recursos e os processos de governança de TI.

O Amazon S3 é um serviço de cloud storage sob demanda que pode ser adotado em vários ambientes. Aplicações que realizam uso intensivo de informações, por exemplo, podem utilizar o Amazon S3 Standard. Por outro lado, registros poucos utilizados podem ser direcionados para o Amazon Glacier, reduzindo os custos de manutenção dos dados.

 

Amazon DynamoDB

Para quem trabalha com bancos de dados, o Amazon DynamoDB pode ser adotado em bancos de dados que exigem uma latência muito baixa e alto desempenho. Fácil de ser configurado, com alta escalabilidade e baixo custo, no DynamoDB a empresa contará com um conjunto de recursos complexos, que otimizam ao máximo o desempenho de bancos de dados NoSQL. E por replicar informações de forma sincronizada, o usuário jamais perderá um dado importante!

 
Caso queira saber mais sobre os principais serviços da AWS, acesse o nosso artigo com mais informações. Nele apresentamos os os 20 serviços mais utilizados pelas empresas.

Além dos serviços próprios, a Amazon AWS também conta com um marketplace onde oferece plataformas de terceiros para compor seus serviços. O OpMon, por exemplo, nossa plataforma de monitoramento de infraestrutura de TI, está no marketplace da Amazon.

Gostou do nosso post sobre AWS e quer ficar por dentro das principais novidades sobre tecnologia? Então siga a gente no Facebook ou LinkedIn e receba os nossos artigos em primeira mão!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Posts Relacionados

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos