Como as novas tecnologias vão impactar a gestão de TI em 2018?

Por: opservices em 23.02.2018
Novas tecnologias e seus impactos na gestão de TI

O ano de 2018 será de grandes investimentos em Tecnologia da Informação, o que gerará uma busca intensa por novas tecnologias, com estimativa de crescimento de 4%, de acordo com pesquisa da Gartner.

Isso porque, em tempos difíceis para a economia, as empresas têm apostado alto em novas ferramentas digitais e soluções tecnológicas a fim de potencializar sua competitividade, diminuir custos e ampliar seu público consumidor. Isso já é até causa de preocupação de que, eventualmente, se reduzirá o número de empregos em função da automação.

Neste conteúdo, mostraremos como algumas das tecnologias que estão chegando no mercado podem influenciar a gestão de TI em 2018.  Quer saber mais? Então continue a leitura!

 

1. Crescimento da IoT

A Logicalis, em pesquisa recente, constatou que 71% das empresas acreditam na Internet das Coisas como uma forte tendência, apostando no crescimento e na ampliação da relevância dessas tecnologias. Espera-se que haja nesse ano um aumento na popularização das redes de conectividade para sensores (LPWA, LoRa, SigFox, etc.), o que tende a fomentar o surgimento de novas soluções IoT baseadas nessas redes, para uso nos mais diversos setores.

Além disso, 2018 marca a implantação do Plano Nacional de IoT (que vigora de 2018 até 2022). Por meio dele, objetiva-se fomentar o desenvolvimento de tecnologias IoT brasileiras para que o país possa se projetar nesse mercado global.

Nesse contexto, a popularização do mobile e o acesso às redes por meio dos mais variados dispositivos e sensores afeta a estrutura gerencial das empresas de TI. Com o exponencial crescimento do número de dispositivos conectados, o barateamento do custo de processamento e energia desses dispositivos, a tendência é que recursos humanos e máquinas estejam cada vez mais orquestrados.

Como já são largamente utilizadas em diversos processos empresariais, a tendência é que tecnologias IoT auxiliem cada vez mais na gestão e governança de TI nas empresas.

 

2. Novos desafios em segurança cybernética

Em meio a essa hiperconectividade entre pessoas e máquinas a que nos referimos, a segurança da informação tornou-se um ponto ainda mais crucial. Tendo em vista que, nesse contexto, pequenas falhas podem ocasionar impactos gigantescos.

Por isso, a tendência é que as empresas invistam ainda mais em segurança cibernética, para fazer frente aos novos desafios em que portas de acesso e vulnerabilidades podem ser deflagradas em pequenos dispositivos.

 

3. Tudo migrando para o multi-cloud

A computação em nuvem já deixou de ser tendência para se tornar realidade dentro das organizações. Dentro, desse contexto, o multi-coud, que integra modelos público e privado, gerenciados, hospedados e SaaS, por exemplo, é também uma forte tendência para a gestão de TI nas empresas. E, para 2018, espera-se maior agilização nesse processo de mudança.

Nuvens da Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e Google Cloud Plattaform (GCP), por exmplo, são hoje as mais utilizadas. Algumas soluções para gerenciar ambientes em diversas nuvens se fazem necessários. O FiveMetrics, por exemplo, é um software de visualização de dados da AWS que futuramente pretende se tornar multi-cloud, oferecendo uma visão única para AWS, AZure e GCP.

Como cada vez mais nuvens serão usadas para armazenar cargas de trabalho, aplicativos, projetos e processos distintos, o gerenciamento dos recursos computacionais e dados torna-se um desafio ainda maior.

 
FiveMetrics - Aws Metrics

 
A solução para essa dispersão no gerenciamento será o desenvolvimento do conceito de meganuvem, onde nuvens privadas e públicas poderão se integrar em um mesmo sistema. Dessa forma, torna-se possível uma visão unificada de todo o ambiente de TI de uma empresa. Nesse espaço, múltiplas nuvens podem se conectar, intercambiando dados e poder computacional.

Além disso, com a incorporação de tecnologias de Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial nesse ambiente vasto, teremos maior eficiência, agilidade e automação nos processos gerenciados.

E então, leitor, viu como o ano de 2018 está promissor no que se refere a novas tecnologias para gestão de TI? Para manter-se informado sobre o assunto, siga-nos nas redes sociais, estamos no YoutubeFacebookTwitterGoogle+ e  no LinkedIn.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos