Terceirização de TI

A terceirização de TI trouxe facilidades a quem precisa manter sua atenção focada no que realmente é relevante para o crescimento da empresa. Esse serviço auxilia na profissionalização do setor e permite que os gestores se preocupem apenas com questões administrativas. Afinal, toda a gestão de pessoas fica por conta da equipe terceirizada.

Se for preciso migrar de sistema ou fazer alguma alteração na infraestrutura, basta solicitar uma proposta à empresa contratada que ela já toma as decisões para solucionar as dificuldades e facilitar a mudança. Entretanto, sua adoção depende muito do perfil da sua empresa e dos objetivos buscados.

Continue lendo o artigo para saber se compensa investir em terceirização!

 

Como funciona a terceirização de TI?

Ela ocorre quando uma empresa opta por repassar os processos de um departamento, ou parte dele, a terceiros. Hoje, a terceirização de TI pode se configurar como uma alternativa extremamente benéfica para as organizações.

Isso porque, além de pôr em ordem toda a documentação do departamento, também permite que gestores e suas equipes desempenhem funções mais estratégicas. Veja abaixo alguns prós e contras para entender se vale a pena ou não.

 

Prós da terceirização

É sabido que colaboradores com habilidades extras de TI são escassos, e isso engloba profissionais especializados em setores como gestão de ambientes de TI, infraestrutura, backups. Empresas de terceirização podem ajudar a fechar a lacuna ao fornecerem esse tipo de experiência. Veja outros diferenciais:

  • atender as expectativas de reduzir orçamento;
  • otimizar recursos na empresa;
  • flexibilizar centro de custos
  • dar suporte para que a empresa consiga atingir os objetivos;
  • atender seus clientes internos e externos o mais rápido possível.

 

Contras da terceirização

Uma das principais desvantagens é também uma de suas maiores vantagens: a terceirização apresenta um modelo de trabalho flexível. Portanto, um profissional contratado pode abandonar um projeto corporativo antes que ele possa ser concluído, causando prejuízos para a empresa. Além disso, é preciso tomar muito cuidado com a escolha do fornecedor, pois seu comprometimento é fundamental para atngir resultados positivos.

 
Poderá  perder  ainda, o controle sobre os seus ativos de TI. A terceirização sempre envolve o controle de alguns processos operacionais por terceiros. Logo, a empresa deve ser capaz de impor limites e garantir a sua segurança digital para se safar das desvantagens.

 

Quais são os principais motivos para terceirizar?

Nem sempre é preciso terceirizar tudo na empresa. Afinal, o core business, que é a alma do negócio, nunca deve ser terceirizado. Já o serviço especializado em partes importantes como NOC, por exemplo, já proporciona alguns benefícios. Veja abaixo os principais:

 

Redução de custos trabalhistas

A legislação brasileira prevê direitos além da remuneração, como FGTS, INSS e outros que oneram a folha de pagamento. Ao terceirizar o TI da empresa, o administrador pagará uma quantia pelo serviço, ficando sob responsabilidade da equipe terceirizada realizar os pagamentos aos funcionários e eventuais causas trabalhistas.

 

Maior flexibilidade para fazer mudanças

É uma das garantias das empresas terceirizadas, visto que conseguem oferecer maior adaptação e personalização dos serviços, proporcionando diferenciais de mercado aos seus clientes.

Considerando que cada empresa tem suas demandas, é preciso entender quais setores apresentam necessidades específicas em relação ao negócio, quais são as metodologias e padrões a serem implementados e onde é possível dar mais flexibilidade ao fluxo de trabalho. Tudo isso resulta em maior qualidade dos processos e produtividade para a empresa.

 

Menor risco em caso de grande dependência de tecnologia e inovações

A tendência é que os setores de TI das companhias tenham boa parte de suas responsabilidades terceirizadas. Simultaneamente, há a necessidade de dominar os fundamentos sobre seu negócio, especificando as obrigações indelegáveis para que não caiam na dependência de terceiros que, inclusive, podem ter objetivos incompatíveis com suas responsabilidades tecnológicas e inovadoras.

Em resumo, a implantação da tecnologia da informação tem se tornado comum em vários setores de operações empresariais devido aos benefícios que oferece. Auxiliada por todas as precauções necessárias, a terceirização de TI se revela como uma solução completamente possível e até mesmo atrativa para empresas privadas e públicas.

Gostou do post? Aproveite para se aprofundar no tema de outsourcing de TI para sua organização!