Menu
Contato Comercial

    Confira 6 maneiras de garantir a segurança em Cloud Computing!

    Por: Pedro César Tebaldi Gomes em 13.12.2019
    Segurança em cloud computing

    O valor e a importância de dados para as empresas atualmente têm colocado uma grande responsabilidade em gestores de TI para garantir a segurança em cloud computing.

    Este momento é ao mesmo tempo um desafio e uma oportunidade para profissionais do setor se destacarem e consolidarem suas empresas no futuro da transformação digital. Quer saber como você pode trazer essa tranquilidade e eficiência para seus sistemas? Preparamos 6 dicas para começar!

     

    1. Entenda por que priorizar a segurança em cloud computing

    O primeiro passo neste processo é ter uma noção real da relevância de seu papel estratégico dentro da empresa a partir de agora. A gestão segura de dados é capaz de dar visão de mercado, um relacionamento mais significativo com o público e um melhor posicionamento entre concorrentes.

    Mas é por esse poder que dados empresariais se tornam cada vez mais alvos de ameaças externas — além de terem sua performance limitada por um mau uso deles internamente.

    O comprometimento de informações, além de manchar a imagem de uma empresa e atrapalhar a produtividade, também vai se tornar crime passível de pesadas punições com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de dados, conhecida como LGPD.

     

    2. Escolha um bom provedor de nuvem

    É claro que a escolha do serviço que vai sustentar a cloud computing da empresa faz muita diferença. Por isso, tente equilibrar a capacidade de orçamento de TI com o melhor retorno possível. Felizmente, hoje existem várias soluções consolidadas, como Amazon Web Services (AWS), Google Cloud Plattaform (GCP) e Microsoft Azure, que oferecem robustez, segurança e performance com preços acessíveis.

    Uma tendência importante para ficar de olho é o Multicloud, que é a utilização de mais de um provedor de nuvem pública para uso de recursos computacionais ou armazenamento. Esse modelo possui a vantagem de dispersar melhor a superfície de ataque, mas demanda maior controle e gestão dos serviços em cloud.

     

    3. Melhore a governança de ativos e processos

    Queremos reforçar um ponto muito importante: grande parte das brechas e dos riscos de segurança relacionados à nuvem não estão em seu provedor, mas na forma como esses recursos são implementados e utilizados.

    Portanto, é hora de treinar os colaboradores, criar políticas de uso e governança, e realizar o monitoramento contínuo para que você tenha controle sobre toda sua infraestrutura em cloud.

    É interessante também não perder a atenção em sua infraestrutura física de TI, que pode servir de oportunidade para criminosos. Servidores internos, roteadores e terminais mal-gerenciados podem deixar vulnerável até a cloud mais segura.

     

    4. Aposte em backups automáticos

    Não existe um sistema infalível, por isso o sucesso de uma estratégia de nuvem está ligado à capacidade do TI de se recuperar prontamente, com seu sistema disponível a maior parte do tempo. Os backups automatizados garantem a recuperação de informações comprometidas sem a necessidade de gastar tempo e esforço da equipe.

     

    5. Garanta a criptografia

    A maioria dos serviços de nuvem e servidores remotos da atualidade conta com criptografia de ponta a ponta. Porém, vale pesquisar mais a fundo se a solução que você está investindo oferece essa funcionalidade.

    A criptografia impossibilita a leitura de arquivos interceptados entre remetente e destinatário mesmo que possam ser acessados. Além de uma ferramenta de proteção poderosa, é a tranquilidade que uma empresa precisa para trabalhar com produtividade remota.

     

    6. Tenha ajuda especializada na gestão tecnológica

    Mesmo que serviços de nuvem tenham todo o suporte possível para a gestão e utilização dessas plataformas, é sempre bom contar com uma parceria especializada na gestão de TI.

    É uma forma não só de manter o sistema seguro, como de melhorar sua implementação e utilização, além de aproveitar ao máximo o retorno desse investimento — apostando em otimização, automação, eficiência e inteligência.

    Com um bom serviço de nuvem, ajuda especializada e uma gestão que priorize a proteção de dados, você tem tudo para garantir a segurança em cloud computing na empresa. É hora de começar essa transformação!

    E aí, gostou das dicas? Então assine nossa newsletter e receba mais conteúdos como este diretamente em seu e-mail!

    Compartilhe:

    Posts Relacionados

    ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA
    NOSSOS MELHORES CONTEÚDOS!

    ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos