Investimento em tecnologia: vale mesmo a pena?

Por: Equipe OpServices em 27.11.2018
Investimento em tecnologia

O investimento em tecnologia deixou de ser um luxo ou privilégio de algumas organizações para se tornar, segundo Carlos Pacheco (diretor técnico da Fapesp – Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo), elemento fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Em um mundo tão ativo e globalizado, as empresas devem ser ágeis e eficientes na utilização de seus recursos.

Nesse contexto, as soluções tecnológicas contribuem com sistemas inovadores e adaptáveis a cada necessidade específica. O que costumava levar semanas ou meses, pode ser concluído em poucos minutos e sem nenhuma complicação.

Quando uma empresa resiste à implantação de novas tecnologias em seus processos, terá mais chances de permanecer estagnada e ser superada pela concorrência.

Por isso, as organizações devem lutar todos os dias para andarem de mãos dadas com os avanços tecnológicos e se adaptar a eles, a fim de acelerar processos e manter a competitividade no mercado.

Explicamos, neste artigo, a importância de investir em tecnologia, tanto para organizações em crescimento quanto para aquelas já consolidadas em seus segmentos de atuação. Confira!

Otimização de processos

De acordo com uma matéria recentemente publicada no jornal Valor Econômico, a digitalização é um recurso fundamental para otimizar processos de produção, organização, logísticos, de vendas, de cobrança, de treinamento e capacitação etc.

Além do ganho na eficiência operacional, a empresa pode, assim, estabelecer vantagens competitivas com as quais poderá se posicionar no mercado, atraindo mais clientes e, é claro, atingindo níveis mais altos de produtividade ou, até mesmo, de expansão.

 

Elevação da produtividade

Como resultado da otimização de processos, devido, em grande parte, ao investimento em novas tecnologias, o trabalho manual e as horas de trabalho são reduzidos, diminuindo os erros e elevando a produtividade de cada um dos colaboradores.

As opções tecnológicas, obviamente, devem ser focadas em atender às necessidades do negócio e estar alinhadas com seus objetivos estratégicos, caso contrário, podem não ser exploradas ao máximo.

 

O fim das barreiras de comunicação

Quando os investimentos realizados garantem um bom suporte tecnológico, as barreiras de comunicação são superadas.

De fato, a troca de informações entre as equipes e os líderes empresariais não se limita a uma simples ligação telefônica, sendo possível conjugar dinamicamente outros meios, como e-mails, redes sociais, videochamadas e newsletter com os quais você pode manter contato com todos os membros da organização sem interromper suas atividades.

Além disso, a comunicação com fornecedores, clientes e parceiros também pode ser melhorada.

 

Competitividade

Investir em tecnologia permite que os novos negócios sejam muito mais competitivos, estejam ao nível de seus concorrentes e tenham condições de, em pouco tempo, superá-los.

Sem embargo, a tecnologia auxilia os empreendedores a se manterem atentos ao surgimento de novas oportunidades e nichos de mercado. O investimento em infraestrutura tecnológica também contribui com a melhoria da forma como a organização é percebida pelos clientes e pelo público em geral.

 

Ubiquidade

A mobilidade é uma das grandes vantagens do uso da tecnologia nas empresas. O trabalho de um escritório, por exemplo, não se limita a quatro paredes e, a partir da disseminação dos dispositivos móveis, é possível tratar de assuntos profissionais, de qualquer lugar, interagindo com colegas e compartilhando informações em tempo real.

Isso significa que a sua empresa pode estar disponível para os clientes internos e externos 24 horas por dia.

 

Qualificação do processo de tomadas de decisão

O tempo é um recurso muito valioso, sobretudo para aqueles que tomam as decisões, pois eles precisam obter informações precisas e acionáveis sobre as operações da empresa para agir em conformidade com elas.

As atuais ferramentas tecnológicas podem fornecer dados operacionais integrados e em tempo real, deixando-os sempre disponíveis para serem vistos e analisados por gestores ou diretores da organização.

 

Os impactos da transformação digital

A tecnologia, em si, é apenas um dos elementos integrantes da transformação digital dos negócios. A principal mudança que as empresas devem assumir tem a ver, antes de tudo, com a cultura organizacional e não somente com o uso contínuo de inovações técnicas.

Essa mudança de enfoque passa necessariamente por mudanças que envolvem as seguintes áreas:

Cultura corporativa

Conforme mencionado, a transformação digital não pode ser traduzida em ações como utilizar o e-mail corporativo, um sistema de gestão ou implementar uma solução de CRM.

Essa transformação começa com profundas mudanças na cultura corporativa, a partir da qual seus membros decidem, conscientemente, caminhar para um modelo de inovação e eficiência constante.

Pessoas e grupos

Qualquer mudança profunda deve começar nas pessoas e grupos que fazem parte da organização. Contar com colaboradores capazes de entender as vantagens de adotar novas soluções e processos e identificar sintomas é um fator-chave para o sucesso dos investimentos em tecnologia.

Liderança

Outro fator de extrema importância é como os líderes empresariais se posicionam em relação à transformação digital: eles devem acreditar profundamente nesse processo e transmitir confiança aos seus colaboradores. Dito de outra forma, os responsáveis pela equipe, setor ou departamento devem dar o exemplo e apoiar a estratégia adotada.

Ambiente de trabalho

Ambientes colaborativos, salas de videoconferência adequadas e ferramentas de comunicação instantânea são apenas alguns exemplos de tecnologias que, se utilizadas adequadamente, podem fazer toda a diferença em uma empresa.

 

Os benefícios da transformação digital

A transformação digital, quando certos parâmetros são observados (como os que elencamos acima), pode aportar uma série de benefícios para a organização, melhorando, especialmente, o desempenho interno e o relacionamento com os clientes.

Entre os principais benefícios, destacam-se:

  • melhoria na satisfação dos funcionários: graças à transformação digital, os trabalhadores se tornam mais produtivos e, consequentemente, sua eficiência operacional também aumenta;
  • melhoria na experiência do cliente: a digitalização de alguns processos contribui com o aumento do índice de retenção de clientes. Além disso, os canais digitais permitem que você interaja com seus clientes de maneira mais fácil e dinâmica;
  • redução de custos de TI: a implementação de serviços baseados em cloud computing é um excelente exemplo de como a transformação digital envolve aspectos relevantes tanto para a redução de custos quanto para o incremento da rentabilidade. A computação em nuvem já responde, por exemplo, pela maior parte dos lucros de empresas de reconhecido sucesso, como a Amazon;
  • elevação da produtividade: a tomada de decisões se torna mais fácil e ágil com a ajuda de ferramentas digitais, que ainda agregam valor por meio de avaliações e análises baseadas em dados;
  • identificação de novas oportunidades: transformação e inovação são conceitos que caminham juntos. O investimento em tecnologia estimula o desenvolvimento de habilidades que favorecem a promoção de ideias.

Cumpre ressaltar, por fim, que o investimento em tecnologia deve desencadear um processo de transformação digital que seja, a um só tempo, progressivo e constante. Com efeito, as empresas não podem mais negligenciar essa premente necessidade se quiserem se posicionar adequadamente em ambientes competitivos cada vez mais exigentes.

E você, gostou do artigo? Então, não perca a oportunidade de seguir se aprimorando: descubra agora se a terceirização de TI é indicada para a sua empresa!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

JUNTE-SE À NOSSA LISTA E RECEBA
OS NOSSOS CONTEÚDOS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos